Distrito revive tradições associadas à quadra pascal

A Encomendação das Almas Sábado passado na Sequeira marca o arranque das tradições pascais na Guarda. A iniciativa teve lugar no Largo da Igreja, pelas 21h00, e juntou sete colectividades do concelho, nomeadamente da Sequeira, São Miguel, Aldeia do Bispo, Famalicão, Marmeleiro, Faia e Quinta de Gonçalo Martins.
Este Domingo celebra-se, a partir das 16h00, a tradicional Procissão dos Passos, a partir da Igreja da Misericórdia, na Guarda.
Ainda nesta cidade, destaque para a “Paixão de Jesus, segundo S. Mateus”, cuja encenação decorre entre a Sé Catedral e a Torre de Menagem, na noite do dia 9 (Domingo de Ramos), a partir das 21h00.
Dia 14, pelas 21h30, terá lugar na Igreja da Misericórdia o Enterro do Senhor.
Em Pousade não se celebra uma das suas tradições associadas à quadra pascal mais importantes, o “Drama da Paixão”, que teve um interregno de mais de uma década até 2016, ano em que a associação local resolveu revivê-la, mas estão agendadas muitas outras manifestações. Dia 8, pelas 24h00, cumpre-se o rito de louvor aos mortos com a Encomendação das Almas; dia 9, pelas 22h00, realiza-se a Via Sacra; dia 13, a recriação bíblica da Praça de Jerusalém e Última Ceia de Cristo, com início marcado para as 21h00; dia 14 (Sexta-feira Santa), pelas 21h00, terá lugar um concerto na Igreja Paroquial pelo Grupo Coral Pedras Vivas; e o programa termina dia 15 com Tributo ao Teatro Religioso de Pousade, a acontecer pelas 20h00.
As tradições associadas à Páscoa, que este ano se celebra a 16 do corrente, acontecem um pouco por todo o distrito, há no entanto algumas que se destacam.
É o caso da célebre e muito concorrida procissão dos Passos de Cristo em Pousafoles do Bispo (Sabugal), que se realiza na tarde (17h00) do Domingo de Ramos.
«Reza a tradição que um padre ali nado, de nome Torres, doou uma forte quantia de dinheiro à Irmandade do Senhor dos Passos, impondo como condição que se realiza-se todos os anos a procissão. O voto ficou obrigação sagrada e em todas as Quaresmas tem ali lugar a dita procissão, que junta muito povo devoto de diversas freguesias», lê-se no blogue Capeia Arraiana.
Ainda neste concelho, e pelo quarto ano consecutivo, a “Última Ceia e Paixão de Cristo” em Vale de Espinho, a acontecer Sexta-feira Santa, pelas 21h30. A representação está mais uma vez a cargo da Viv’Arte, «única companhia profissional portuguesa especializada em recriação histórica», afirma a organização.
Marcada também para esse dia está a representação cénica e religiosa da Via Sacra em Pinhel, que este ano conta com a participação especial do Teatro do Imaginário – Grupo de Amigos do Manigoto, daquele concelho. Os “Caminhos da Misericórdia” serão evocados a partir das 21h30, junto à Igreja de Santo António.
A tradição também se cumpre em Trancoso com a “Queima de Judas”, «momento emblemático da quadra pascal», com «características satânicas que perdura há vários séculos, mantendo o espírito com que foi criada», a ter lugar às 15h30 de Domingo de Páscoa, no Largo das Portas D’El Rei, junto ao recinto da feira. Meia hora mais tarde, no mesmo local ou no Pavilhão Multiusos em caso de condições climatéricas adversas, haverá um concerto com a Orquestra Tradicional Albicastrense.
GM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close