DOIS HOMENS E UMA EMPRESA ACUSADOS DE UM CRIME DE INCÊNDIO FLORESTAL POR NEGLIGÊNCIA

Dois homens e uma empresa estão acusados pelo Ministério Público de um crime de incêndio florestal por negligência. Foi na sequência da realização de trabalhos agrícolas, num dia quente e seco, que terão causado um dos maiores incêndios do ano passado no concelho da Guarda.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close