Eduardo Lourenço irá integrar o Conselho de Estado

Marcelo Rebelo de Sousa convidou Eduardo Lourenço para integrar o Conselho de Estado. A confirmação foi dada pelo próprio escritor e ensaísta à TSF, que admitiu ter ficado surpreendido. «Não sou alguém com importância na ordem política, por isso não sei muito bem o que dizer, a não ser agradecer a gentileza e contribuir dentro do possível para fazer parte do Conselho de Estado», disse à rádio.
Eduardo Lourenço revelou ainda que o Presidente eleito já referira a hipótese de o convidar para conselheiro de Estado «em tempos». Porém, o escritor considerara o convite como «um gesto de simpatia», uma vez que não é político apesar de ser «uma pessoa preocupada com a política». Marcelo acabou por renovar o convite, que Eduardo Lourenço aceitou.
O Parlamento elegeu em Dezembro os seus cinco representantes no Conselho de Estado, tendo o resultado reflectido a relação de forças no hemiciclo resultante das eleições legislativas de Outubro de 2015. A esquerda passou a ter três elementos no órgão de consulta do Presidente da República, ao passo que a direita ficou com dois assentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close