Em 2019 nasceram menos 73 crianças no distrito da Guarda

Em 2019 nasceram no distrito da Guarda 697 crianças, menos 73 do que no ano de 2018, segundo dados do teste do pezinho, facultados ao TB pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge. O distrito da Guarda foi assim o terceiro do país onde nasceram menos bebés. A lista onde se registaram menos nascimentos é liderada por Bragança, com 629 nascimentos e o segundo lugar ocupado por Portalegre, com 621. Em quarto lugar surge Castelo Branco, mas, ainda assim, com uma larga vantagem sobre os três piores distritos, uma vez que registou 863 nascimentos.
Em todo o país nasceram, em 2019, pelo menos 87.364 bebés, mais 537 face ao ano anterior e mais 4.264 do que em 2014, segundo dados baseados no “teste do pezinho”. Lisboa foi o distrito com mais “testes do pezinho” realizados (26.281), seguido do Porto (15.701) e Setúbal (6.723).
Os dados do teste do pezinho permitem ter uma ideia mais precisa sobre os nascimentos em cada distrito. Recorde-se que na maternidade da Guarda houve no ano passado 541 nascimentos, o que significa que terá havido 156 bebés do distrito a nascer noutras maternidades do país. Mais detalhes na edição desta semana do Jornal Terras da Beira.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close