Emigrantes recebidos na fronteira de Vilar Formoso com conselhos sobre segurança rodoviária

Os emigrantes que entraram Domingo em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso foram recebidos com conselhos sobre segurança rodoviária, folhetos informa-tivos e alguns brindes publicitários. Nesta fronteira decorreu no fim-de-semana a campanha de segurança rodoviária “Sécur’été – Verão em Portugal”, dirigida aos portugueses e lusodes-cendentes, residentes em França, que se deslocam de carro a Portugal durante as férias de Verão, organizada pelo 15.º ano consecutivo pela associação Cap Magellan.
A campanha, que tem como objectivo contribuir para a redução do número de acidentes durante os trajectos longos, contou, Domingo de manhã, com a participação dos secretários de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, e das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro. Jorge Gomes e José Luís Carneiro deram as boas vindas aos emigrantes que entraram em Portugal pela principal fronteira terrestre e apelaram aos cuidados na estrada: «Boa viagem e [conduzam] com muito cuidado. Boas férias».
O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, disse aos jornalistas que o Governo pretende que os emigrantes «cheguem bem» ao seu destino, que «gozem as férias com tranquilidade» e que regressem aos países de acolhimento «de forma segura». Referiu que este ano foram colocados elementos da GNR em Burgos, onde «fazem acções de sensibilização» porque é a partir daí que «começa a surgir o cansaço», «a tentativa de falar ao telemóvel» e a «angústia» de estarem a chegar à terra natal.
Pelas contas da GNR da Guarda, entre Sexta-feira e Segunda-feira, terão entrado em Portugal, pela fronteira de Vilar Formoso, «cerca de 30 mil veículos de matrícula es-trangeira, essencialmente emigrantes». Segundo o coronel Cunha Rasteiro, comandante do Comando Territorial da GNR da Guarda, um dos picos de maior afluência de veículos ocorreu no Sábado à tarde, com a entrada em território nacional de «500 a 600 veículos por hora». «Este ano [os emigrantes que viajam de carro para Portugal] vêm mais repartidos por força do início do mês [de Agosto]que se inicia durante a semana», observou o res-ponsável.
A GNR esteve a entregar panfletos aos condutores com vários conselhos rodoviários como “não conduza sob o efeito do álcool», “conduzir em excesso de velocidade, não significa chegar mais cedo”, “não se distraia com o telemóvel, a condução exige concentração” e “não realize manobras perigosas e circule pela direita”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close