Escolas com 477 surtos, mas o Governo diz que não há necessidade de antecipar férias

Portugal tem 477 surtos activos de infecção em escolas pelo novo coronavírus, afirmou hoje o secretário de Estado da Saúde, que descartou para já a possibilidade de antecipar as férias de Natal dos alunos.

«Não nos parece que as escolas sejam focos de grande intensidade», referiu António Lacerda Sales na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia da covid-19.

O secretário de Estado da Saúde indicou que há 291 surtos em escolas na região de Lisboa e Vale do Tejo, 72 na zona Centro, 58 na zona Norte, 29 no Alentejo e 27 no Algarve.

«Nada nos antecipa» que seja necessário mudar o calendário escolar, referiu o governante, que considerou que «as autoridades de saúde fazem bem o trabalho de segregação do que são os casos positivos, contactos de alto risco e contactos de baixo risco».

Turmas, zonas de escolas ou estabelecimentos inteiros só fecham «caso a autoridade de saúde o entenda, de acordo com a estratificação do risco».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close