Executivo da Câmara da Guarda reúne amanhã pela primeira vez após as eleições

SONY DSC

O novo executivo da Câmara da Guarda, agora presidido por Sérgio Costa (impulsionador do movimento independente “Pela Guarda”), reúne amanhã à tarde pela primeira vez, após as eleições, tendo como pontos da ordem de trabalho a delegação de competências, a fixação dos dias e horas das reuniões ordinárias, bem como a autorização para movimentação das contas bancárias tituladas pelo município e a nomeação de um representante da autarquia na Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo.

Eleito pelo movimento independente, Sérgio Costa tem na sua equipa Diana Monteiro e Amélia Fernandes. Pelo PSD foram eleitos Carlos Chaves Monteiro (que era o presidente da Câmara após a saída de Álvaro Amaro para exercer o cargo de eurodeputado), Lucília Monteiro e Victor Amaral, que também integravam o anterior executivo municipal. Luís Couto é o representante do PS.

No passado Sábado, aquando da tomada de posse, o novo presidente da autarquia lembrou que «a máxima da democracia» é de que «quem ganha as eleições governa», defendendo que «devem ser colocadas de lado as divergências e contribuir leal e democraticamente para o desenvolvimento do concelho». «Os políticos têm de dar o exemplo à sociedade e ser positivos e não entrar em quaisquer coligações negativas que nada trazem a não ser guerras estéreis e que em nada contribuem para a nossa comunidade», sustentou.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close