Feira Ibérica de Turismo realiza-se entre 2 e 5 de Maio na Guarda

A 6.ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), a realizar entre 02 e 05 de Maio, na Guarda, com uma área coberta de 11 mil metros quadrados, vai ter representadas “mais de 500 instituições e empresas” de Portugal e Espanha, sendo a Província da Corunha (Galiza) o destino convidado.ais de 500 entidades.
O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, referiu hoje na conferência de imprensa de apresentação do certame anual organizado pela autarquia que a FIT “é hoje uma marca muito forte no país” e é “claramente uma marca de Portugal”.
“A Bolsa de Turismo de Lisboa é a grande feira de turismo de Portugal, mas nós [Guarda, com a FIT], hoje, estamos em condições de levantar a medalha de prata”, declarou.
O autarca anunciou que a feira, com um custo global da ordem dos 350 mil euros, será inaugurada no dia 02 de maio, às 17:00, pelo ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.
Álvaro Amaro revelou ainda que a edição deste ano da FIT atinge o limite em termos de área coberta disponível no Parque Urbano do Rio Diz.
Como em Abril irá suspender o mandato autárquico por ser candidato pelo PSD ao Parlamento Europeu, fez votos para que a Feira Ibérica de Turismo, que começou por sua iniciativa, em 2014, seja uma marca que “fique para todo o sempre colada à Guarda”.
O director da FIT, Carlos Condesso, referiu que o certame “tem tido um crescimento exponencial” e que este ano contará com a representação de 500 entidades, desde agências de viagens a hotéis, regiões de turismo, municípios, organismos oficiais, empresas, entre outras.
Segundo o responsável, em 2014 o evento teve quatro mil metros quadrados de área coberta e este ano cresceu mais 600 e atinge os 11 mil metros quadrados. O número de visitantes também cresceu, tendo sido registados 19.458 no ano de arranque e de 34.645 em 2018.
O presidente da Turismo do Centro, Pedro Machado, referiu que o sucesso da FIT pode ser explicado por ser ibérica, pelo que representa para a afirmação do território e pelo elevado grau de profissionalismo da organização.
Para o responsável, a FIT “é a maior feira de turismo associada a territórios de baixa densidade que o país hoje tem”.
“A feira tem capacitação para poder ser uma bandeira nacional”, disse, referindo que tem “todas as características” para assumir “um papel dominante do ponto de vista nacional”.
A FIT é considerada pelos promotores como uma “plataforma transfronteiriça no panorama ibérico” dos eventos ligados ao turismo e uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos.
O ingresso diário para a feira custa dois euros e o bilhete geral (para os quatro dias), cinco euros. As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close