Ferido grave na Guarda após tiro durante a caça

Um homem de 55 anos ficou hoje ferido após «um tiro acidental no olho» por parte do companheiro de caça, em Longroiva, no concelho da Mêda, adiantou à agência Lusa o comandante dos bombeiros voluntários locais.

«Os homens andavam na caça e um deles atirou acidentalmente no outro e atingiu-o no olho. É um ferido grave, mas sem correr risco de vida, mas terá perdido a vista», contou à agência Lusa José Lemos.

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Mêda, concelho do distrito da Guarda, contou que «o tiro foi feito com arma de caça e foi o próprio amigo que o alvejou e com quem andava à caça que pediu ajuda».

«Quando foi dado o alerta de vítima de arma de fogo foi acionado o meio aéreo, mas depois como a Guarda não tem Oftalmologia e o helicóptero já estava no ar, acabou por ser de entendimento ser helitransportado para Coimbra”.

Segundo»o Comando Distrital de operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o alerta foi dado às 11:23, e no local, «em Longroiva, junto ao IP2, estiveram 15 operacionais, apoiados por cinco viaturas e o helicóptero do INEM».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close