Festivais para todos os gostos em Julho

Verão é sinónimo de festivais de música, que acontecem um pouco por todo o país e dos mais diversos estilos musicais. Por cá, as propostas têm vindo a aumentar nos últimos anos e são já várias as localidades do distrito da Guarda que escolhem a época estival para divulgar as suas terras através da música.

Gabriela Marujo
gabmarujo.terrasdabeira@gmpress.pt

Folk, rock, música clássica e bandas de ruas. São estas as propostas dos festivais de música a acontecer em várias localidades do distrito da Guarda durante o mês de Julho. O primeiro é já esta Sexta-feira, o último dia do mês, e prolonga-se pelos dois dias seguintes. Trata-se do Fornos de Algodres Biodiversity Festival, a ter lugar na praia fluvial do Ponte de Juncais, naquele concelho. Albaluna, Archybak, DJ Overule, RED e DJ The Boss & Seus Pupilos são alguns dos nomes que irão animar o festival.
Segue-se o Festival de Música da Bendada, organizado pelo Município do Sabugal e Junta de Freguesia da Bendada, em parceria com a Sociedade Filarmónica Bendadense, a decorrer de 15 a 22 de Julho na Casa da Música da Bendada. Nesta edição, a segunda, será composto por três valências, nomeadamente Curso de Aperfeiçoamento Musical, Curso de Introdução à Música e Coro de Adultos.
O festival tem como objectivos ministrar o ensino da música da mais alta qualidade pelos músicos do ensemble Virtuoso Soloists e convidados, promover a região e trazer uma nova vida para esta aldeia sabugalense.
No Soito, no mesmo concelho, a música é outra no Festival Rock in Raia, uma organização do Centro de Juventude, Cultura e Lazer do Soito com o apoio do Município do Sabugal, em parceria com a Hell Xis Agency, a acontecer naquela vila dia 15 de Julho. Nesta edição, a terceira, «teremos nomes conhecidos mundialmente como os The Mahones, os Ryker’s, mas também nomes fortes de Portugal como os Bizarra Locomotiva, os Grankapo ou a Patrulha do Purgatório. Vamos à Galiza buscar os True Mountains e a Zamora buscar os Baxtards. Também é nosso objectivo apoiar bandas que são menos conhecidas como os Queers of Rock and Roll e os Xhuuumm e dar-lhes hipótese de partilhar o palco com músicos profissionais», lê-se no Facebook do Rock in Raia.
O último dia do festival da Bendada, 22 de Julho, coincide com Fanfarronada – Festival de Bandas de Rua, «um espaço de partilha de sonoridades, animação, convívio com outros “companheiros de ofícios” e divulgação de projectos», a ter lugar em Famalicão da Serra, aldeia do concelho da Guarda. É organizado pela Fanfarra NemFáNemFum, banda de rua formada em 1996 e com a sua primeira aparição pública em Maio de 1997.
Criada no seio do Centro Cultural de Famalicão da Serra, associação fundada em Março de 1991, com um largo historial de promoção de iniciativas de animação local e festivais temáticos, bem como projectos culturais, nas áreas da música e do teatro, a fanfarra é constituída por um grupo «heterogéneo de músicos amadores, que se tornou uma das primeiras manifestações deste género de grupos de rua, em todo o país», refere o Centro Cultural em nota à imprensa.
Na semana seguinte é a vez do Festival Mêda+, uma «marca» que se estabeleceu «definitivamente, associada a uma imagem de irreverência juvenil e ecletismo musical». «O festival passou a ser um marco incontornável na agenda do Verão e dos festivais de Verão», escreve a organização na página oficial.
Mêda+, recorde-se, esteve nomeado nas categorias de “Melhor campismo” e “Melhor Micro festival” no Portugal Festival Awards, prémio que distingue os melhores festivais de música do país.
O festival realiza-se entre os dias 27 e 29 de Julho e tem um cartaz bem recheado: Best Youth Sensible Soccers, Trêsporcento, First Breath After Coma, Nice Weather For Ducks, The Twist Connection, Quinta-feira 12, Mundo Cão, Keep Razors Sharp, e os Dj’s Nuno Lopes, Katy Spikes e Francisco Cunha.
O festival Mêda + teve a sua primeira edição em 2010, por vontade de um grupo de jovens do concelho, que se organizaram um ano antes numa Associação Juvenil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close