Fim-de-semana com temperaturas amenas no Litoral e perto dos 40 no Interior

O fim-de-semana vai ser marcado por temperaturas mais amenas no Litoral em oposição ao Interior onde os termómetros podem chegar aos 32 na Guarda, 37 graus em Castelo Branco, 36 em Évora e Beja, segundo o IPMA. De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Paula Leitão, as temperaturas vão sofrer ligeiras oscilações, mas não se alteram significativamente. «Hoje há uma tendência para subirem ligeiramente e amanhã [sábado] descem também ligeiramente. Só a partir de segunda-feira é que se prevê que comecem a subir com mais condições para aviso de tempo quente», disse.
Segundo Paula Leitão, até segunda-feira as temperaturas no litoral não deverão chegar aos 30 graus, mas no Interior vão estar acima dos 30 e em alguns locais próximas dos 40 graus. «No Domingo temos Castelo Branco com 37 graus, Évora e Beja com 36, Portalegre e Bragança com 34 e Guarda com 32. Lisboa fica-se pelos 28 e Aveiro não ultrapassa os 24 graus», indicou.
Por causa do tempo quente, o IPMA emitiu aviso amarelo para os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Guarda e Évora até às 18:00 de hoje. O IPMA prevê também para o fim-de-semana céu limpo durante a tarde e durante a manhã neblinas e nevoeiros e vento a aumentar de intensidade durante a tarde. Segundo Paula Leitão, a partir de Segunda-feira as temperaturas começam a subir, mas também vai haver alguma instabilidade com possibilidade de aguaceiros e trovoadas nas regiões do interior. «Com a subida de temperatura na próxima semana, especialmente nas regiões do Interior, o risco de incêndio vai agravar-se durante a semana», disse.
Na sequência das condições meteorológicas, a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) divulgou na quinta-feira um aviso de aumento do risco de incêndios a partir de hoje. «De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, prevê-se (…) uma subida gradual da temperatura máxima e a diminuição da humidade relativa», refere a ANEPC em comunicado, explicando que as condições meteorológicas são favoráveis à ocorrência de incêndios.
Segundo o documento, que divulga as condições meteorológicas previstas para hoje, sábado e domingo, existe um aumento gradual do risco de incêndio com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios. Este risco é maior «nos concelhos com níveis que variam entre elevado a máximo» dos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu.
A ANEPC recorda que para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja muito elevado ou máximo, não é permitida «a queima de matos cortados e amontoados, o uso de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, excepto se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, o lançamento de balões com mecha acesa e de foguetes ou o fumigar ou desinfectar apiários, excepto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas». No documento, a ANEPC recomenda a «adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural».

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close