Financiados 10 projectos com 4,2 ME para reduzir riscos de incêndios florestais

O Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR) vai financiar projectos de prevenção de incêndios florestais que correspondem a um investimento global de 4,2 milhões de euros.
Segundo um comunicado divulgado hoje, os projectos (foram aprovados 10) são destinados a reduzir riscos de incêndio em terreno não privado (baldios e terrenos do Estado ou das autarquias locais), estando previsto, por exemplo, a abertura de corredores de separação florestal.
No comunicado explica-se que as dez candidaturas ao programa do PO SEUR que foram aprovadas correspondem a um montante do Fundo de Coesão de 3,6 milhões de euros, sendo que o investimento total é de 4,2 milhões.
O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas viu aprovada uma candidatura que envolve um montante global de 1,6 milhões de euros do Fundo de Coesão e que visa criar 1.458 hectares de rede primária (faixas de redução de combustíveis lenhosos planeadas à escala distrital) nas regiões do Alto Tâmega, Ave, Beiras e Serra da Estrela, Coimbra, Oeste, Leiria e da Lezíria do Tejo.
As restantes candidaturas aprovadas são dos municípios de Paredes de Coura, Arcos de Valdevez, Viana do Castelo, Vale de Cambra, Gouveia, Covilhã, Arganil, Góis e Melgaço.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close