Fundação D. Laura dos Santos foi a única colectividade contemplada pela FPF

A Fundação D. Laura dos Santos foi a única colec-tividade contemplada no âmbito do Concurso de Modernização de infra-estruturas desportivas, promovido pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF). No distrito da Guarda houve doze candidaturas mas a FPF deu prioridade aos clubes com futebol feminino e eliminou todos os projectos com orçamento superior a 200 mil euros. O clube do concelho de Gouveia apresentou um projecto orçado em 199 mil e 200 euros e vai receber um apoio de 60 mil euros.

A Fundação D. Laura dos Santos, de Moimenta da Serra, no concelho de Gouveia, vai receber 60 mil euros da Federação Portuguesa de Futebol, no âmbito do Concurso de Modernização de infra-estruturas desportivas. A colectividade foi a única contemplada do distrito, uma vez que a FPF deu prioridade aos clubes que apostam no futebol feminino.
A nível nacional foram apresentadas 497 candidaturas, sendo que doze eram do distrito da Guarda, num total de 98 milhões e 200 mil euros. Como o valor estipulado pela Federação era de 3 milhões e 232 mil euros, houve a necessidade de fazer uma apreciação e criar critérios. Assim, foram eliminados os projectos orçados em mais de 200 mil euros e foi dada preferência aos clubes que apostam no futebol feminino. O projecto da Fundação D. Laura dos Santos tem um orçamento de 199 mil e 200 euros, o clube recebe 60 mil, do organismo que gere o futebol português, para a criação de um campo de relva sintética nas instalações da Fundação, em Moimenta da Serra e a restante verba deverá ser financiada pela Câmara de Gouveia. Pelo que o TB apurou, os dirigentes do clube e o executivo da Câmara tiveram várias reuniões e deverão ter chegado a acordo na manhã da passada Terça-feira.
A Fundação D. Laura dos Santos foi a única colectividade do distrito contemplada neste Concurso, pelo que caíram por terra os restantes 11 projectos apresentados pelos clubes do distrito.
Como o TB anunciou, em Março deste ano, nas candidaturas estavam clubes dos concelhos de Almeida, Gouveia, Guarda, Trancoso e Seia. As candidaturas dos clubes do distrito eram, essencialmente, para campos de relva sintética, alterações de pisos de pavilhões e melhoramentos de balneários e outras instalações.
O Grupo Cultural e Recreativo de Casal de Cinza pretendia alterar o piso do pavilhão, sob pena de ter de fazer todos os jogos (na condição de visitado) na Guarda. Já o NDS e o Centro Cultural Desportivo e Recreativo de Vila Cortez do Mondego apresentaram candidatura para um campo de relva sintética. Neste último caso, o projecto até passava por derrubar a actual bancada para aumentar também as dimensões do rectângulo de jogo. Já o NDS pretende a criação do sintético no Carapito, um desejo já antigo das várias direcções que têm passado pela colectividade. O Grupo Desportivo das Lameirinhas pretendia o melhoramento das instalações.
No concelho de Seia, o Seia FC e as Escolas Carlos Franco reivindicavam um campo de relva sintética para fazer face aos inúmeros jogos e treinos dos escalões de formação e a Associação Desportiva de S. Romão queria fazer novos balneários.
O Sporting de Vilar Formoso apresentou um projecto para alterar o piso do pavilhão local. Já a Associação de Futebol da Guarda (AFG) apresentou a candidatura para a aquisição de uma carrinha de transporte de jogadores de 9 lugares, projecto que foi aceite.
As candidaturas terminaram no dia 30 de Maio e os resultados foram conhecidos no final da semana passada.
Este financiamento de projectos por parte da Federação surgiu no âmbito de um programa de financiamento da FPF às associações distritais (22 a nível nacional) e aos clubes filiados.
A comparticipação em cada projecto aprovado foi de 90 por cento do valor do mesmo (podendo chegar aos 95 por cento em casos excepcionais). A verba total a distribuir no âmbito deste concurso é resultante da venda da antiga sede federativa, na Praça da Alegria, em Lisboa.

Faustino Caldeira
fcaldeira@gmpress.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close