Gouveia, Fornos, Mangualde e Nelas criam Rede Cultural

Dinamizar o património cultural de forma integrada é a finalidade da Rede Cultural Alto Mondego. Esta integra os municípios de Gouveia e Fornos de Algodres, concelhos do distrito da Guarda que integram a Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, e Mangualde e Nelas, no concelho de Viseu, que fazem parte da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões.
O projecto, apresentado na passada Sexta-feira na Fundação da Lapa do Lobo, no concelho de Nelas, tem a duração de três anos, representa um investimento de 411.308 euros e é financiado por fundos comunitários. «Tem três áreas artísticas específicas», sendo o primeiro ano destinado à música, o segunda à dança e o terceiro ao teatro musical, e haverá ainda «um projecto transversal que permite ligar estes três anos de trabalho artístico às gentes e às pessoas», explicou a vice-presidente da Câmara de Nelas, Sofia Relvas, na apresentação.
Coordenada pela Orquestra de Câmara Portuguesa, a iniciativa da área musical intitula-se “Mundos cruzados” e tem como conceito base «algo resultante da simbiose entre o tradicional e o contemporâneo, como forma de afirmar um pensamento de pertença ao local, a partir da memória dos filarmónicos».
“Beirão” é o nome da iniciativa de dança, coordenada pela coreógrafa Aldara Bizarro. Trata-se de «um projecto de pesquisa e criação coreográfica que pretende ligar a dança contemporânea com as danças tradicionais da Serra da Estrela».
No terceiro ano, caberá à associação cultural ContraCanto, com o seu encenador António Leal, desenvolver a iniciativa de teatro musical “Alto”, envolvendo elementos de grupos teatrais, actores amadores, associações culturais ou apenas curiosos e entusiastas do teatro.
Na iniciativa transversal, coordenada pelo animador cultural João Nascimento, serão trabalhados grupos locais das três áreas artísticas para a construção de pequenas produções que ficarão disponíveis para a itinerância nos quatro concelhos, adiantou.
O primeiro passo da união entre Gouveia, Fornos de Algodres, Mangualde e Nelas deu-se em Março do ano passado com a assinatura do protocolo de constituição da Rede de Territórios do Alto Mondego. Esta visa promover uma nova estratégia de desenvolvimento económico e social, alavancando o crescimento económico e a criação de emprego, no contexto dos territórios de baixa de densidade.
A Rede é constituída pelos quatro municípios «que balizam a matriz de intervenção territorial do projecto, numa óptica de parceria e desenvolvimento de pólos de competências para revitalização e capacitação de negócios e iniciativas empresariais focadas nos produtos endógenos», explica o projecto.
Gouveia, promotor da iniciativa, pretende desenvolver a fileira agro-pastoril, Fornos de Algodres, a fileira do azeite, Mangualde, a fileira da fruticultura e Nelas a fileira do vinho. «Toda a capacitação e inovação gerada nas diferentes fileiras serão disseminadas por todos os territórios» da Rede.
«O Município de Gouveia foi o promotor desta iniciativa e dos contactos mantidos com os meus colegas de Fornos de Algodres, Mangualde e Nelas criámos uma união e uma vontade única para desenvolver um projecto que a todos identifica», afirmou na altura o presidente, Luís Tadeu.
«Todos temos as mesmas dificuldades, mas todos sabemos que apenas concertadamente conseguiremos criar valor para os nossos concelhos. Foi Gouveia que deu o “pontapé de saída” mas é agora esta equipa que junta os municípios, as universidades, os politécnicos, os parceiros institucionais e tecido empresarial, que vai permitir criar uma candidatura que promova o desenvolvimento do Alto Mondego enquanto território de inovação e empreendedorismo para revitalizar o tecido económico local», disse o autarca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close