Governo aprova diferimento parcial de dívidas de municípios às Águas de Portugal

O Governo aprovou o diferimento parcial do pagamento de dívidas de 31 municípios a empresas do Grupo Águas de Portugal de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, no âmbito da situação excepcional causada pela covid-19.
A medida, aprovada na Quinta-feira no Conselho de Ministros, «visa diferir o pagamento das prestações de Junho e de Setembro de 2020 por parte dos municípios e das demais entidades gestoras de sistemas municipais de águas, por um prazo máximo de 24 meses a definir por acordo entre as partes», explicou hoje uma fonte do Ministério do Ambiente e da Acção Climática (MAAC).
Neste diploma, o Governo aprovou também a prorrogação até 30 de Setembro da cessão de créditos pelas entidades gestoras de sistemas multimunicipais ou de outros sistemas de titularidade estatal de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, e pelas entidades gestoras de parcerias entre o Estado e as autarquias locais, incluídos nos acordos de regularização das dívidas destes municípios.
De acordo com o MAAC, as medidas referem-se a 31 acordos de regularização de dívida celebrados entre municípios e empresas do Grupo Águas de Portugal que asseguram o abastecimento de água e de saneamento de efluentes àqueles municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close