Guarda comemora Carnaval com desfile e “Julgamento do Galo” no cartaz

A Câmara Municipal da Guarda vai assinalar o Carnaval com um programa que inclui um desfile e o “Julgamento do Galo», e que possibilita, pela primeira vez, que os cidadãos queimem os “males” do ano velho. O evento “GuardaFolia”, que vai ser promovido pela autarquia entre os dias 24 e 28, inclui desfile e “Julgamento do Galo”, cortejo infantil, teatro, “Tabernas do Entrudo” e um espectáculo de comédia com Luís Franco Bastos, entre outras iniciativas.
Segundo o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, a autarquia promete aos foliões «um Carnaval genuinamente português na cidade mais alta» do país. O autarca destaca a realização, pelas 15:00 do dia 26, um Domingo, do desfile e “Julgamento do Galo”, com início na Alameda de Santo André e finalização na Praça Luís de Camões, no largo da Sé Catedral, que envolverá cerca de mil pessoas e contará com a participação de 29 freguesias do concelho.
A autarquia espera «milhares de pessoas» na-quele que é considerado «um dos carnavais mais genuínos, inspirados nas ancestrais formas de catarse colectiva».
A novidade do evento deste ano diz respeito à colocação da estrutura do “galo”, da autoria do escultor Rui Miragaia, na Praça Velha, entre os dias 18 e 26. «Essa instalação tem um motivo: desafiar os guardenses e os visitantes a depositarem no “galo” todos os males e todas as questões das quais se querem ver livres», segundo Victor Amaral, vereador da autarquia da Guarda com o pelouro da cultura e do turismo. As mensagens depositadas no “galo” arderão no dia do julgamento, juntamente com os “sacos das maleitas” que serão re-colhidos nas ruas e em instituições da cidade, indicou o responsável.
O programa de Carnaval “GuardaFolia” começa pelas 14:00 de Sexta-feira, dia 24, com um cortejo infantil, que contará com a participação de 1.600 crianças das escolas e dos jardins-de-infância do concelho. Haverá também, entre 24 e 26, “Tabernas do Entrudo”, no pátio do Museu da Guarda, animadas por oito associações locais e, entre 24 e 28, um roteiro gastronómico da vaca jarmelista, uma raça autóctone da região da Guarda, em 36 restaurantes. «Esta iniciativa, promovida pela AcriGuarda [Associação de Criadores de Ruminantes da Guarda] com o apoio do município, completa a oferta gastronómica dos dias de folia e promete ser uma boa oportunidade para dar mais visibilidade a uma carne autóctone de grande quali-dade», explica a organização.
Uma exposição de galos produzidos por artesãos locais, a realizar entre 24 de Fevereiro e 31 de março, no Paço da Cultura, é outra das iniciativas que integra o cartaz da programação de Carnaval da cidade da Guarda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close