Guarda e Viseu deverão perder um deputado

Guarda e Viseu deverão perder um deputado na Assembleia da República quando se realizarem as legislativas. Lisboa e Porto vão ficar a ganhar com essa perda. A perda de eleitores no Interior tem sido uma tendência nos últimos anos. No círculo eleitoral da Guarda, estão nesta altura inscritos 153.223 eleitores, menos 5.621 do que em 2017 e menos 14.748 do que em 2013. O mapa do número de eleitores publicado no início deste mês têm como data de referência o dia 31 de Dezembro de 2018.
Ontem, no discurso de encerramento das comemorações do Dia Internacional da Mulher, organizado pela Comissão Política Concelhia do PSD Guarda, o presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, afirmou que se tratava de «uma notícia triste», acrescentando que vai «continuar a clamar pela revisão do sistema eleitoral».
O jornal “Público” noticia hoje que «os cálculos ainda decorrem e só estarão terminados após o fecho dos cadernos eleitorais pela Direcção-Geral da Administração Eleitoral, 60 dias antes das eleições legislativas de 6 de Outubro, ou seja, no início de Agosto». O jornal recorda que o Tribunal Constitucional terá de sortear a lista dos partidos e coligações candidatos às legislativas até ao 41º dia antes do acto eleitoral.
Refere o “Público” que «a cinco meses de distância, porém, as projecções que têm sido feitas com base na lista de recenseamento eleitoral publicada a 1 de Março em Diário da República apontam para que haja esta redistribuição de deputados».
Assim, o círculo da Guarda deverá baixar de quatro para três deputados e Viseu de nove para oito. Acrescenta o jornal que Lisboa deverá passar a eleger 48 deputados e o Porto 40. A distribuição dos 230 deputados nos outros círculos eleitorais mantém-se: Braga 19; Setúbal 18; Aveiro 16; Leiria dez; Santarém, Coimbra e Faro nove cada; Viana do Castelo e Madeira seis cada; Vila Real e Açores cinco cada; Castelo Branco quatro; Bragança, Évora e Beja três cada; Portalegre, Europa e Fora da Europa dois cada.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close