Guarda em «risco muito elevado» e Celorico da Beira, Manteigas e Figueira de Castelo Rodrigo em «risco extremamente elevado»

O Governo aumentou de 191 para 213 os concelhos do continente com risco “extremamente elevado”, “muito elevado” e “elevado” de contágio de covid-19 para os quais prevê medidas restritivas diferenciadas de acordo com o grupo a que pertencem. Celorico da Beira, Manteigas e Figueira de Castelo Rodrigo são os três concelhos do distrito da Guarda que estão em «risco extremamente elevado», o mais alto na escala por terem mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias.

Os concelhos da Guarda, Meda, Sabugal, Seia e Vila Nova de Foz Côa estão em «risco muito elevado», por terem entre 480 e 960 casos de covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias. Almeida e Trancoso estão em «risco elevado», por terem menos de 240 casos de covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias. Aguiar da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia e Pinhel são os únicos três concelhos que se encontram em «risco moderado», por terem menos de 240 casos de covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias.

O Governo anunciou Sexta-feira medidas específicas para cada um destes grupos de rico, com os 127 concelhos em risco “extremamente elevado” e “muito elevado” vão ter a circulação proibida na via pública nos dois próximos fins de semana e nos feriados de 1 e 8 de Dezembro a partir das 13:00 e até às 05:00. Já nas vésperas de feriado – dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro – os estabelecimentos comerciais vão estar encerrados a partir das 15:00.

Além destas medidas, estes 127 concelhos estão sujeitos também às medidas já em vigor e que se mantêm para os 86 concelhos em “risco elevado”, como a proibição de circulação na via pública entre as 23:00 e as 05:00 nos dias úteis. Mantém-se igualmente os horários de encerramento dos estabelecimentos comerciais às 22:00, e os restaurantes e equipamentos culturais às 22:30.

Além das medidas decretadas especificamente para os concelhos em risco “extremamente elevado”, “muito elevado” e elevado”, o Governo decretou ainda medidas para serem aplicadas em todo o continente. Dessa forma, todo o território continental vai ter a circulação entre concelhos proibida entre as 23:00 de 27 de Novembro e as 05:00 de 2 de Dezembro, e entre as 23:00 de 04 de Dezembro e as 05:00 de 9 de Dezembro. Esta proibição de circulação entre concelhos acontece nos fins de semana que apanham as ‘pontes’ dos feriados de 01 e 08 de dezembro.

O Governo decretou ainda para o continente tolerância de ponto e suspensão das actividades lectivas nos dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro e apelou também à dispensa dos trabalhadores do sector privado nesses mesmos dias.

Foi ainda decretado o uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho no território continental.

Todas as medidas vão ser implementadas com a renovação do estado de emergência, que ocorre às 00:00 de terça-feira (24 de Novembro) e termina às 23:59 de 8 de Dezembro.

António Costa sublinhou que a lista dos concelhos em risco é dinâmica e será revista de 15 em 15 dias, alinhada com a revisão do estado de emergência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close