Guarda recebe a penúltima etapa da Volta a Portugal

O percurso entre a Lousã e a Guarda será feito na penúltima etapa da Volta a Portugal, que se realiza entre os dias 4 e 15 de Agosto. O final da etapa rainha será na cidade mais alta, no dia 14, com a meta a ser instalada no jardim José de Lemos. A apresentação da principal prova do calendário velocipédico nacional foi realizada esta Segunda-feira em Lisboa. Após os 184 quilómetros, que incluem a subida ao Alto da Torre na Serra da Estrela e a escalada até à Guarda, devem saltar para os primeiros lugares os principais candidatos à vitória final. No último dia, o contra relógio, em Viseu, irá consagrar o vencedor.
O director da prova, Joaquim Gomes revelou que a etapa que termina Guarda é a «última possibilidade de confronto “ombro a ombro”, “olhos nos olhos”. Serão os derradeiros 185 quilómetros em que a Lousã verá partir, a caminho da Guarda, os “Bravos da Estrada”. Góis, Arganil, Oliveira do Hospital, com o seu Arco Romano de Bobadela, como pano de fundo, assistirão ao calvário que vai conduzir a Seia e ao Alto da Torre, único Premio de Montanha de categoria Especial da prova. Ultrapassado o “Bojador”, teremos o Vale Glaciar e Manteigas a conduzir a caravana até à escalada final que reencontra a cidade mais alta de Portugal, a Guarda. Se, ainda assim, restarem duvidas, o acerto final, de contas, terá de ficar para Viseu». A nona etapa, que vai começar na Lousã, contabiliza seis contagens de montanha com a subida ao ponto mais alto da Estrela a fazer-se pela vertente de Seia. Depois do mítico prémio de categoria especial, na Torre, a corrida segue em direcção à Guarda.
Mas a primeira passagem pelo distrito da Guarda irá surgir na primeira metade da competição. No dia 7 de Agosto, na 3ª etapa, os corredores saem de Figueira de Castelo Rodrigo em direcção a Bragança, numa distância de 162 quilómetros. «É um percurso extremamente sinuoso, do qual o calor e a travessia da Serra de Bornes serão os principais obstáculos.  As primeiras dificuldades registar-se-ão, logo no primeiro terço da etapa com a passagem em Vila Nova de Foz Côa e Torre de Moncorvo. Será já em estradas brigantinas que a derradeira selecção se fará, com a Avenida D. Sancho I a assistir, certamente, à chegada de um pelotão muito fraccionado», antevê o director da prova.
A Volta a Portugal em Bicicleta, que já vai na 79ª edição, tem início no dia 4 em Lisboa, com um prólogo, sendo que a 1ª parte liga Vila Franca de Xira a Setúbal. O final será no dia 15 de Agosto, em Viseu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close