Holocausto no Museu à Noite

O primeiro Museu à Noite deste ano, iniciativa promovida pela Câmara de Pinhel todas as últimas quintas-feira do mês, é dedicado ao tema do Holocausto. António Martins, da Memoshoá – Associação Memória e Ensino do Holocausto, é o conferencista convidado. A sessão está marcada para as 21h00 da Casa da Cultura.

«Atendendo a que no dia 27 de Janeiro se assinala o Dia Internacional da Memória do Holocausto, instituído em 2005 por uma resolução das Nações Unidas e adoptado pela União Europeia, nesse mesmo ano, a tertúlia da última Quinta-feira do mês, dia 28, vai permitir-nos “Um olhar sobre o holocausto” para que possamos refletir sobre este dramático facto que marcou negativamente a História Contemporânea da Europa», justifica a autarquia em nota de imprensa.

«Os conflitos que opõem países, religiões ou etnias são responsáveis pela deslocação de pessoas em circunstâncias difíceis e desumanas. Foi assim no passado, é assim no presente. Neste contexto, o Museu à Noite de Janeiro propõe-se abordar o tema da deslocação forçada de pessoas, levada ao extremo da dignidade humana, que conduziu à morte de milhares de homens, mulheres e crianças que, porque viviam de forma diferente, foram sujeitos ao Holocausto», recorda.

«Numa colaboração com a Memoshoá – Associação Memória e Ensino do Holocausto, o professor António Martins mostrará por que não devemos esquecer que o Holocausto foi uma realidade», conclui a Câmara de Pinhel.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close