Hotelaria do Centro com elevadas taxas de ocupação no fim de semana da Páscoa

As unidades hoteleiras da região Centro vão registar este fim de semana elevadas taxas de ocupação, com “dezenas de espaços” esgotados, revela um inquérito feito pela Turismo Centro de Portugal. “Este fim de semana de Páscoa vai ser extremamente positivo para a actividade turística no Centro de Portugal”, afirma a Turismo Centro de Portugal (TCP), entidade que estrutura e promove o turismo na região Centro do país, que fez um inquérito junto 220 estabelecimentos de unidades hoteleiras e de turismo rural.
O inquérito, realizado até quarta-feira, mostra que “as taxas de ocupação estão muito altas, havendo dezenas de espaços completamente lotados”, sublinha a Turismo Centro de Portugal, numa nota enviada hoje à agência Lusa.
Os dados recolhidos indicam que, “na globalidade do Centro de Portugal, as taxas de ocupação serão de 70% na sexta-feira e 66% no sábado”, sendo “particularmente intensa” a procura nas sub-regiões da Beira Baixa e da Beira e Serra da Estrela, com taxas de ocupação que rondam, respectivamente, os 90% e os 80%.
À elevada procura de alojamento na zona interior da região Centro referenciada pela Serra da Estrela “não será alheio o forte nevão que cobriu a Serra da Estrela de branco por estes dias e que convida à prática de desportos de inverno ou a simples passeios em família para ver a neve”, explica a entidade de turismo.
Mas outras sub-regiões do Centro registam igualmente elevadas taxas de ocupação, destaca a TCP, adiantando que as áreas de Coimbra e de Aveiro, por exemplo, observam “uma taxa [de ocupação] superior a 75% na sexta-feira”, enquanto a zona de Viseu/Dão-Lafões se aproxima dos 70%.
“Muito significativo é o facto de, num universo de 220 respostas, o inquérito ter registado 47 empreendimentos já lotados, para sexta-feira e sábado”, assinala ainda a TCP, sustentando que a região Centro do país “continua a atrair cada vez mais visitantes, que procuram experiências diferentes e enriquecedoras”.
A região abrangida pela TCP, que é “a maior e mais diversificada área turística nacional”, agregando uma centena de municípios, “tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa”.
Esta é “a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias”, sustenta a Turismo Centro de Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close