Jornada em memória das vítimas da covid-19

A jornada em memória das vítimas da covid-19 começou Sexta-feira com centenas de iniciativas por todo o país que se estendem até Domingo, dia em que os promotores apelam a um minuto de silêncio às 14 horas. O TB publica no facebook oficial alguns dos muitos desenhos recebidas o ano passado sobre a pandemia.

Em resposta ao desafio colocado pelo manifesto “Memória e Esperança”, promovido por um grupo de uma centena de pessoas de várias áreas e que recebeu o apoio do Presidente da República, estão a ser realizadas, desde Quinta-feira, centenas de iniciativas, sobretudo, nas escolas, mas também nas juntas de freguesia.

No distrito da Guarda, a única iniciativa oficializada foi a do Agrupamento de Fornos de Algodres, que envolveu os alunos desde o 1º CEB até ao Ensino Secundário e decorreu Sexta-feira de manhã, com a inauguração do espaço “O cantinho da memória” do qual faz parte um mural onde alunos, professores, assistentes técnicos e operacionais, pais, autarquia foram convidados a registar frases alusivas ao tema da actividade. Ficou também gravado o poema “À Descoberta do Amor”, de Mahatma Gandhi.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close