José Amaral Veiga eleito presidente da Mesa da Assembleia da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

José Amaral Veiga foi eleito esta manhã presidente da Mesa da Assembleia da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE). Neste sufrágio, realizado na sala António Almeida Santos, nos Paços do Concelho da Guarda, o PS foi o único partido a apresentar uma lista. José Amaral Veiga, que também preside à Assembleia Municipal de Trancoso, lidera a Mesa da Assembleia da CIM-BSE, tendo como vice-presidente Catarina Sofia Mendes (Covilhã) e Alexandre Gonçalves (Sabugal). Como suplentes estão Sara Vieira de Almeida (Gouveia) e José António Pina (Fundão).

Dos 39 membros presentes (do total de 42, sendo 21 PS, 18 PSD e três independentes), 23 votaram a favor da lista e 16 votaram em branco.

Este acto eleitoral vem colocar um ponto final no impasse surgido na anterior reunião, que decorreu no dia 2 de Fevereiro, na Casa de Cultura de Mêda. Nessa altura, o encontro teve de ser interrompido, antes da eleição da Mesa, por se verificar a falta de quórum, após os elementos do PS terem abandonado a sala, sob protesto por a mesma não ter permitido a participação de eleitos que estavam em confinamento devido à covid-19.

Como o TB noticiou, surgiu depois a dúvida sobre quem deveria agendar uma nova reunião, uma vez que o presidente da Mesa cessante já tinha, como dita a lei, convocado os eleitos para o acto de instalação da Assembleia. O executivo da CIM-BSE solicitou então um parecer jurídico à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, que viria a informar que «não tendo sido realizada a primeira sessão imediatamente após o acto de instalação, dada a falta de quórum, deve ser convocada nova primeira sessão pelo eleito mais antigo já instalado no acto de instalação da assembleia intermunicipal». «Como a antiguidade dos membros da assembleia intermunicipal é a mesma, dado que só após a instalação na assembleia intermunicipal se inicia o seu mandato, deve-se interpretar a referência aos membros da assembleia mais antigos como aqueles que tenham mais idade, sendo o presidente o mais idoso entre todos os membros da assembleia já instalados», esclareceu a CCDR.

Tendo em conta este parecer, viria a ser o socialista Amaral Veiga, de Trancoso, a convocar a reunião para a manhã desta Quinta-feira, na Guarda, tendo como único ponto a eleição da Mesa, deliberação essa que, como refere o acórdão da CCDR, teria que «ser tomada por voto secreto, tal significa que tem que ser realizada obrigatoriamente de forma presencial».

A nova mesa vai agora convocar uma sessão para, entre outros assuntos, discutir e aprovar o Plano de Actividades e Orçamento da CIM-BSE para 2022. Até lá, segundo o presidente do Conselho Intermunicipal da Comunidade, Luís Tadeu, que é também o presidente da Câmara Municipal de Gouveia, a gestão será feita «em regime de duodécimos».

O novo presidente da assembleia, José Amaral Veiga, que sucede a Nuno Soares (PSD, de Manteigas), prometeu trabalhar para o desenvolvimento da região.

A CIM-BSE, com sede na Guarda, é constituída por 15 municípios, sendo 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close