“Julgamento do Galo” e desfile com freguesias da Guarda agendado para a tarde de Domingo de Carnaval

O presidente da Câmara da Guarda anunciou hoje que o programa de Carnaval inclui o tradicional “Julgamento do Galo”, um desfile com a participação das freguesias e a instalação de “Tabernas do Entrudo” em casas desocupadas do centro histórico.

Segundo o presidente da Câmara, Álvaro Amaro, a edição deste ano do evento “GuardaFolia” vai ser promovido entre 05 e 09 de Fevereiro e terá como momento alto o espectáculo de rua do “Julgamento do Galo”, a realizar na tarde de domingo, dia 07.

A iniciativa, promovida pela autarquia para animar o Carnaval local e atrair foliões para a cidade mais alta do país, conta com o envolvimento das coletividades locais e tem este ano alguma inovação face às edições anteriores.

Uma das novidades é a realização de um desfile, com a participação de 23 freguesias, com início às 16:00 do dia 07, que se iniciará na Alameda de Santo André e que terminará no largo da Sé Catedral, no coração da cidade, com o tradicional “Julgamento do Galo”, que terá a personagem do rei Dom Sancho, fundador da Guarda, como juiz.

“Não quero nenhum cortejo etnográfico. Desejo ver um cortejo animado, satírico, divertido, porque isso é característico do Carnaval”, disse Álvaro Amaro na conferência de imprensa de apresentação do programa.

O vereador Victor Amaral, responsável pelo pelouro da cultura, também presente no encontro com os jornalistas, adiantou que o espetáculo de rua envolverá “cerca de 200 pessoas”, entre atores e representantes das freguesias.

A coordenação artística do espetáculo pertence a José Rui Martins, do Teatro ACERT, de Tondela, e a estrutura do galo, que vai arder no final, está a ser criada por uma equipa que envolve alunos do curso de artes da Escola Secundária da Sé, indicou.

Victor Amaral referiu ainda que a Guarda apresentará ao público “uma manifestação de Carnaval das mais genuínas em Portugal” e um espetáculo com “uma grande notoriedade”.

No âmbito do programa “GuardaFolia”, que propõe o Carnaval “mais engalanado de Portugal”, a autarquia vai ainda promover mais uma edição das “Tabernas do Entrudo”, com a participação de associações do concelho, que desta vez ocuparão casas devolutas do centro histórico da cidade.

Haverá ainda um cortejo infantil, dia 05 de fevereiro (entre as 15:00 e as 17:00, que parte da Alameda de Santo André e termina na Praça Luís de Camões), uma “Fun Run”, no dia 07 (11:00, na Alameda de Santo André) e o espetáculo “Juntos em Revista”, dia 08 (21:30, no Teatro Municipal Da Guarda).

Questionado sobre o montante do investimento com a programação de Carnaval, o presidente da autarquia da Guarda, Álvaro Amaro, não precisou um valor concreto.

O autarca disse que, entre outros valores, estão destinados mil euros para o primeiro prémio do desfile, cada freguesia participante receberá 300 euros (6.900 euros no total) e haverá custos de sete mil euros com a aquisição de serviços de som e luz para o espectáculo do “Julgamento do Galo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close