Líder distrital do PS admite que «o balanço não pode ser positivo»

O PS para além de não ter reconquistado a liderança da Câmara da Guarda ainda perdeu a presidência dos municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas e Meda. O líder distrital do PS, Alexandre Lote, admite que não esperava esta votação. «Tivemos um resultado que está aquém daquilo que eram as nossas expectativas, com a perda de três presidências de câmara que não contávamos (Manteigas, Meda e Figueira de Castelo Rodrigo)», disse ao TB o líder socialista. E acrescentou: «Em termos de votos a diferença não foi muito grande em relação àquilo que foi o nosso resultado há quatro anos, porque conseguimos crescer em alguns concelhos como Almeida, Gouveia, Sabugal e Vila Nova de Foz Côa, mas claro que o balanço não pode ser positivo, também por causa do resultado na Guarda em que ficamos muito aquém daquilo que eram as nossa expectativas».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close