Lojas do Cidadão encerram ao público e demais serviços públicos atendem por marcação

O Governo decidiu hoje encerrar as Lojas do Cidadão a partir de Sexta-feira, mantendo o atendimento nos demais serviços públicos apenas por marcação, disse hoje o primeiro-ministro, António Costa.

«Em relação aos serviços públicos, iremos proceder ao encerramento das Lojas do Cidadão mantendo-se exclusivamente em funcionamento o atendimento por marcação nos demais serviços públicos», anunciou António Costa, no final de uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, realizada para rever as restrições para o combate à pandemia aprovadas na semana passada, indicando que se trata de medidas «suplementares» e não «substitutas» das que já estão em vigor.

António Costa precisou que as novas medidas vigoram pelos próximos 15 dias sendo depois reavaliadas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.075.698 mortos resultantes de mais de 96,8 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.686 pessoas dos 595.149 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close