Mais de 1.400 empresas integram lista de projetos aprovados no Programa Centro 2020

Mais de 1.400 empresas da região Centro vão receber apoios comu-nitários, de acordo com a lista de projetos aprovados no Programa Centro 2020, divulgada Segunda-feira pela Comissão de Coordenação da Região Centro.
Na sua maioria, as empresas que constam da lista, reportada a 31 de Maio de 2016, são de micro, pequena e média dimensão, abarcando sobretudo os sectores da indústria transformadora, comércio, serviços, turismo, construção, transportes, agricultura e silvicultura.
No distrito da Guarda, um projecto da empresa Olano – Logística de Frio, situada na Plataforma Logística, será contemplado com cerca de um milhão de euros. Outro dos incentivos de valor, embora muito menor, foi atribuído à Ecolã, de Manteigas, que é de aproximadamente 60 mil euros. Seguem-se muitos outros projectos do distrito que também foram apoiados, na sua maior parte com um incentivo que varia entre os 14 mil euros e os 15 mil euros.
Na lista revelada Segunda-feira, a maior parte dos incentivos tem um valor relativamente baixo, mas a comparticipação é ajustada ao valor do projecto apresentado a concurso.
Uma empresa de Ovar (distrito de Aveiro), ligada à transformação de borracha e plásticos, vai receber a maior comparticipação dos apoios listados, superior a dois milhões de euros, relativa a um projeto a concurso com um valor global de três milhões de euros.
Para o período 2014-2020, o Programa Operacional da Região Centro tem uma dotação de 2.155 milhões de euros, dos quais 1.751 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e 404 milhões de euros do Fundo Social Europeu (FSE).
Este valor representa um acréscimo de 27% face ao anterior período de programação (2007-2013) e corresponde a um valor de 925 euros por habitante da Região Centro.
O novo Programa Operacional da Região Centro estrutura-se em nove eixos prioritários, mobilizando nove objetivos temáticos e 27 prioridades de investimento.
«Com a aplicação dos fundos comunitários inscritos no Programa Operacional, a Região Centro ambiciona tornar-se Innovation Follower, representar 20% do PIB Nacional e convergir para os níveis de produtividade nacional, diminuir em 10% as assimetrias territoriais, ter 40% da população jovem com formação superior e ter uma taxa de desemprego inferior a 70% da média nacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close