«Mais de 3500 imagens» concorrem à quinta edição do concurso Transversalidades

O espanhol Arturo López Illana foi o vencedor absoluto (Melhor Portfólio) da quinta edição do concurso Transversalidades – Fotografia sem Fronteiras do Centro de Estudos Ibéricos (CEI), com sede na Guarda, que decorreu entre 11 de Março e 31 de Maio. O júri, constituído por Rui Jacinto, Lúcio Cunha e Pedro Pita, da Universidade de Coimbra, Valentín Cabero, da Universidade de Salamanca, e pelos fotógrafos Jorge Pena, Santiago Santos, Susana Paiva e Victorino García, seleccionou entre «mais de 3500 imagens submetidas a concurso, 38 fotografias que se repartem pelas categorias de Melhor Portfolio, Melhor Portefólio temático e Menções Honrosas repartidas pelos vários temas do concurso», revela em nota de imprensa.
A actividade alcançou «excelentes resultados comprovando a qualidade da iniciativa: foram submetidas cerca de 700 candidaturas (mais do dobro do ano passado) atingindo mais de 30 países representados».
Quantos aos participantes, O CEI refere que são «predominantemente jovens, mais de 40 por cento dos concorrentes tem menos de 30 anos», sublinhando que o concurso foi «equilibrado em termos de género, mais de 40 por cento dos concorrentes são do sexo feminino, com elevada participação de profissionais (fotógrafos, fotojornalistas, jornalistas, designers e ligados às artes, etc.)».
«É de sublinhar que, embora predominem concorrentes de Portugal (30 por cento) e do Brasil (28 por cento), é relevante a presença da América Latina (16 por cento), sobretudo a Argentina com 7 por cento, e dos Países de Língua Portuguesa (especialmente Moçambique)», destaca a nota de imprensa.
«As cerca de sete centenas de participantes, provenientes de quase todos os continentes, asseguram uma representatividade alargada, geográfica e profissional, com fotógrafos, fotojornalistas, designers e outras artistas a marcarem presença assinalável», considera o CEI. E conclui que «os múltiplos olhares que lançam sobre pessoas e paisagens de diferentes continentes asseguram uma mostra onde se contempla a riqueza e a diversidade natural, humana e cultural do planeta».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close