Mais de cinquenta candidatos à presidência de câmara no distrito da Guarda

Começou Terça-feira a campanha oficial para as autárquicas do próximo dia 26, o TB dá a conhecer todos os candidatos à presidência de câmara nos diferentes 14 concelhos do distrito da Guarda. No total são 56 os pretendentes à cadeira maior.

Como não é de estranhar, é na capital do distrito que surgem mais candidatos. São ao todo sete, distribuídos pelo BE, CDS, CDU, Chega, PS, PSD e ainda o movimento independente “Pela Guarda”. Há quatro concelhos onde há cinco candidatos à cadeira maior das respectivas autarquias: Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Sabugal e Seia. Em Aguiar da Beira, Celorico da Beira e Vila Nova de Foz Côa há quatro pretendentes à presidência e nos restantes concelhos três em cada um.

A campanha oficial começou Terça-feira e termina dia 24, segundo o calendário divulgado pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) no seu “site” oficial. No dia 26 de Setembro, após o acto eleitoral, o edital do apuramento local é afixado imediatamente à porta da assembleia de voto e os resultados comunicados à junta de freguesia ou entidade designada oficialmente. O apuramento geral inicia-se no dia 28 e o mapa oficial com o resultado das eleições deve ser publicado no Diário da República nos 30 dias subsequentes à recepção das actas de todas as assembleias de apuramento geral.

*Aguiar da Beira

Desde 2013 que o município de Aguiar da Beira é presidido pelo independente Joaquim Bonifácio. No actual executivo municipal o movimento independente Unidos Pela Nossa Terra (UPNT) tem três elementos e o PSD possui dois eleitos. Desta vez, Joaquim Bonifácio não se recandidata e o UPNT apresenta Virgílio Cunha. A CDU volta a candidatar Cristiana Rodrigues, o Chega apresenta António Cardoso e o PSD Fernando Andrade.

*Almeida

No município de Almeida, presidido pelo social-democrata António José Machado, o PSD tem a maioria, com quatro elementos, e o PS tem um. O actual autarca recandidata-se e terá como adversários o advogado José Gonçalves (CDU) e o empresário Alexandre Gonçalves (PS).

*Celorico da Beira

O actual presidente da Câmara de Celorico da Beira, o social-democrata Carlos Ascensão, recandidata-se. Actualmente, o PSD tem dois eleitos, o PS outros dois e o movimento independente Pela Nossa Terra tem um elemento. Para tentar reconquistar a liderança do município, o PS apresenta novamente José Albano, a professora Olívia Teixeira é a candidata do Chega e Maria Eduarda Rebelo lidera a lista da CDU.

*Figueira de Castelo Rodrigo

O município de Figueira de Castelo Rodrigo é liderado, desde 2013, pelo socialista Paulo Langrouva que concorre ao cargo pela última vez devido à limitação de mandatos imposta pela lei. O actual executivo municipal é composto por três eleitos do PS e dois do PSD. Além da recandidatura do socialista, são também conhecidos os candidatos Carlos Condesso (PSD), Dora Vilhena (CDS-PP) e Delfina Bazaréu (CDU) e Margarida Bordalo Bento (Livra).

*Fornos de Algodres

No actual executivo autárquico de Fornos de Algodres presidido por Manuel Fonseca o PS tem a maioria, com quatro elementos, e o PSD possui um. Além da recandidatura do actual presidente do PS, há a candidatura da vereadora social-democrata Joaquina Domingues (PSD/CDS-PP) e de Joaquim Almeida (CDU).

*Gouveia

O município de Gouveia é presidido, desde 2013, pelo social-democrata Luís Tadeu, que se recandidata. O actual executivo municipal é composto por cinco eleitos do PSD e dois do PS. Além do social-democrata, surgem como pretendentes à presidência da autarquia Ana Freitas (PS) e Ilda Bernardo (CDU).

*Guarda

Na capital do distrito há sete candidatos à presidência da Câmara Municipal, actualmente liderada pelo social-democrata Carlos Chaves Monteiro, que é o cabeça-de-lista do PSD às próximas autárquicas. O PSD quer manter-se no poder e o PS vai tentar recuperar a presidência, que mantinha desde as primeiras eleições autárquicas (1976) até 2013. Nesse ano, o PSD ganhou as eleições na Guarda com o candidato Álvaro Amaro, que repetiu a vitória em 2017.

Nas eleições deste ano, para além, de Carlos Chaves Monteiro, apresentam-se nesta corrida eleitoral o independente Luís Couto (que lidera a lista do PS), Sérgio Costa (movimento independente “Pela Guarda”), Jorge Mendes (BE), Honorato Robalo (CDU), Pedro Narciso (CDS) e Francisco Dias (Chega).

*Manteigas

O município de Manteigas é liderado pelo socialista Esmeraldo Carvalhinho, que se recandidata. O actual executivo municipal é composto por dois eleitos do PS, dois do PSD e um independente. Além de Esmeraldo Carvalhinho, concorrem Célia Morais, ex-vice-presidente e actual vereadora sem pelouros da autarquia que se candidata como independente pelo Nós Cidadãos!, António Santos (CDU), Pedro Soares (PSD) e Flávio Massano (movimento independente “Manteigas 2030”).

*Meda

O actual presidente da Câmara Municipal de Mêda, Anselmo Sousa, recandidata-se pelo PS ao terceiro mandato. No actual executivo municipal o PS tem dois elementos, tal como o CDS-PP, e o PSD possui um eleito. Além da recandidatura do actual presidente do PS, vai a votos o antigo autarca social-democrata João Mourato pela coligação “Juntos pela Mêda” (PSD/CDS-PP), e também Manuel André (CDU).

*Pinhel

O município de Pinhel é liderado, desde 2013, pelo social-democrata Rui Ventura. O actual executivo municipal é composto por quatro eleitos do PSD e um do PS. Além da recandidatura de Rui Ventura (PSD) são conhecidas as candidaturas do vereador Francisco Alípio Fernandes (PS) e do empresário António Rodrigues Martins (CDU).

*Sabugal

O município do Sabugal é liderado, desde 2009, pelo social-democrata António Robalo, que não pode recandidatar-se por ter atingido o limite de três mandatos seguidos, tendo o PSD optado por Vitor Proença. A votos vão também Victor Cavaleiro (PS), João Manata (CDU, Romeu Bispo (CDS) e Miguel Lourenço (Chega).

*Seia

No município de Seia, o actual presidente, o socialista Carlos Filipe Camelo, não pode recandidatar-se por ter atingido o limite de três mandatos seguidos. A alternativa do PS passa agora pelo actual verador Luciano Ribeiro. Quantos aos restantes candidatos, a CDU apresenta Manuel Leitão, o PSD Luís Caetano, o Chega José Marques e o movimento independente “Juntos Pela Nossa Terra” Tenreiro Patrocínio.

*Trancoso

O presidente da Câmara de Trancoso, Amílcar Salvador, recandidata-se ao terceiro mandato. O actual executivo municipal é composto por três eleitos do PS e dois do PSD. Além da recandidatura de Amílcar Salvador (PS), são conhecidas as candidaturas de João Carvalho (PSD/CDS-PP) e de Anabela Caetano (CDU).

*Vila Nova de Foz Côa

Os socialistas fozcoenses vão tentar reconquistar a presidência perdida em 2009 para o social-democrata Gustavo Duarte, que não se pode recandidatar por ter atingido o limite de mandatos seguidos. O PSD avança com João Paulo Sousa e o PS escolheu Vitor Sobral, ex-vice-presidente da Câmara no tempo em que a autarquia era presidida pelo socialista Emílio Mesquita (2005-2009). mandatos seguidos. A CDU apresenta-se com Marta Mendes e o Nós, Cidadãos com José Lebreiro. Actualmente, o município é composto por cinco vereadores sendo que três são eleitos pelo PSD e dois pelo PS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close