Manteigas inicia processo de geminação com localidade italiana

Manteigas prepara-se para se geminar com Torre de’Passeri. Ser uma localidade «mais ou menos da dimensão de Manteigas, também com características de montanha – é meio caminho entre Roma e o Mar Adriático, que há-de sofrer das mesmas contingências periféricas», são os motivos que pesaram na decisão do Município em escolher aquela localidade italiana, situada na região de Abruzzo.
O processo de geminação, patrocinado e financiado pelo programa “Europa para os Cidadãos” da União Europeia, terá duas partes, a primeira das quais a ter lugar naquela vila serrana com a realização de duas conferências (29 de Abril e 29 de Maio) e dois seminários (6 e 13 de Maio). A segunda parte ocorrerá em Torre de’Passeri, com a realização de um novo ciclo de conferências.
A autarquia não foi «consultada» na calendarização das referidas iniciativas e a data do primeiro seminário coincide com a Conferência da Montanha [International Conference Managing Mediterranean Mountain Geoheritage], promvida pela Geopark Estrela, agendada para dias 6 e 7 de Maio em Manteigas.
«Já contactei com a direcção para tentar enquadrar a Conferência da Montanha neste programa da Europa para os Cidadãos, para não haver sobreposição de eventos e seminários numa terra pequenina no mesmo dia. Já fiz essa proposta e acho que não há inconveniente nenhum da parte da Geopark, até porque a Conferência de Montanha vai ser muito rica», adianta o vice-presidente da Câmara, José Cardoso.
Para dar início ao processo de geminação, o Município de Manteigas dispõe de «18 mil euros», uma verba que não deixa muito tranquilo o autarca. «Temos que arranjar soluções económicas porque senão a dotação não chega», reconhece.
José Cardoso justifica a preocupação: «Em cada evento vêm 10 italianos e um comité da delegação de Barcelona do [programa] Europa para os Cidadãos e vamos ter que pagar as passagens aéreas, os alojamentos e as dormidas com esses 18 mil euros. Temos pelo menos 40 passagens aéreas, embora sejam cada vez mais baratas, mas só para aí vai metade do orçamento».
GM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close