Marcelo Rebelo de Sousa prometeu ser um Presidente da República “livre e isento”

Marcelo Rebelo de Sousa prometeu hoje ser um Presidente da República “livre e isento” que servirá “todos os portugueses por igual” e, embora saudando os seus antecessores, disse querer ter o seu “próprio estilo”.
“Não há vencidos nestas eleições presidenciais. Há portuguesas e portugueses sem exceções nem discriminações. E eu serei a partir de agora o Presidente de todas as portuguesas e de todos os portugueses, porque a Constituição o consagra e porque a minha consciência o dita”, declarou.
No seu discurso de vitória, no átrio da Faculdade de Direito de Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa saudou os seus oponentes, o atual e os anteriores chefes de Estado e “os grupos de cidadãos, movimentos e partidos” – PSD, CDS-PP e PPM – que o apoiaram ou recomendaram o voto na sua “candidatura independente”, mas reiterou que esses apoios não o condicionam.
“Digo hoje o que sempre disse ao longo da minha campanha eleitoral. Agradeço a decisão que tomaram e sublinho o modo como souberam entender o objetivo que sempre tracei numa candidatura independente: ser um Presidente livre e isento, cujo único compromisso que assume é servir todos os portugueses por igual, sem discriminações nem distinções”, afirmou.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close