Maternidade da Guarda estará a funcionar sem interrupção entre as 8 horas de sexta-feira e as 8 horas de 2 de Janeiro

A maternidade da Guarda será uma das 33 no país que estará a funcionar sem interrupção entre as 08:00 de sexta-feira e as 08:00 de 02 de janeiro, divulgou hoje a tutela.

Segundo o plano, designado como segunda fase de “Nascer em segurança no SNS”, em diferente situação estarão os blocos de parto dos hospitais das Caldas da Rainha, de Loures, do Barreiro, de Beja e de Portimão estarão encerrados entre as 08:00 de 30 de Dezembro e as 08:00 de 02 de Janeiro.

A funcionarem sem interrupção estarão 33 maternidades – 13 no Norte, sete no Centro, 10 em Lisboa e Vale do Tejo, duas no Alentejo e uma no Algarve.

Nestas condições, na região Centro estarão abertas sem condicionamentos as maternidades de Aveiro, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Covilhã, Viseu e Leiria.

Na região Norte, serão as maternidades de Bragança, Vila Real, Viana Castelo, Braga, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Penafiel, Porto (hospitais São João e Santo António), Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira.

Nos mesmos termos, em Lisboa e Vale do Tejo, constam as maternidades de Abrantes, Santarém, Vila Franca de Xira, Lisboa (hospitais de Santa Maria e São Francisco Xavier e Maternidade Alfredo da Costa), Amadora-Sintra, Cascais, Almada e Setúbal.

Sem constrangimentos estarão também as maternidades de Évora e Portalegre, na região do Alentejo, e de Faro, no Algarve.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close