Mêda rejeita transferência de competências em 2019

A Assembleia Municipal de Mêda decidiu, por maioria, rejeitar a transferência de competências da administração central para 2019. Segundo o presidente da autarquia de Mêda, Anselmo Sousa (PS), o executivo municipal também decidiu, por unanimidade, não aceitar nenhuma das propostas do Governo. «A Câmara não aceitou nenhuma proposta de transferência de competências, essencialmente porque há falta de esclarecimentos e de alguma informação que nós achamos necessária», justificou o autarca à agência Lusa.

O socialista disse que a rejeição «não foi tanto pelo pacote financeiro, mas por falta de informação». «Não quer dizer que, em 2020, não possamos aceitar algumas [propostas de transferência de competências]. É um processo para analisar com ponderação. Concordamos com a descentralização, mas, como é feita um bocadinho à pressa, é melhor não aceitar», afirmou Anselmo Sousa.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close