Meia-maratona da Guarda está marcada para o dia 2 de Abril

SONY DSC

A Meia-maratona da Guarda “Corrida mais alta de Portugal” está marcada para o dia 2 de Abril. O percurso ainda está a ser definido entre a empresa organizadora, a Globalsport, e a Câmara da Guarda, mas até ao final deste mês devem ficar acertados mais pormenores em relação a esta prova de atletismo, que deverá trazer à cidade os melhores atletas da modalidade. O investimento do Município é de 74 mil euros. No final de Abril, as Piscinas Municipais recebem a Taça de Portugal de Pólo Aquático.
Faustino Caldeira
fcaldeira@gmpress.pt

Câmara da Guarda e a empresa Globalsport estão a ultimar os pormenores para a realização da Meia-maratona da Guarda “Corrida mais alta de Portugal”, que deverá ocorrer no dia 2 de Abril.
O percurso da prova ainda está a ser delineado, bem como o local e a meta da corrida, que deverá ter três percursos de 5, 10 e 21 quilómetros. As inscrições já estão abertas no site da empresa organizadora e, em breve, também poderão ser feitas no site do Município. Segundo o TB apurou, o percurso deverá percorrer algumas artérias da cidade mas também fora do perímetro urbano e o Jardim José de Lemos e a Torre de Menagem surgem como dois dos locais preferidos pela organização para colocar o ponto de partida e a meta.
O investimento do Município da Guarda é de 74 mil euros e deverá incluir não só a realização do evento, incluindo os atletas, bem como toda a divulgação num canal televisivo.
O vice-presidente da Câmara da Guarda, Carlos Monteiro, refere que «o Município encara a Meia-maratona como uma grande aposta desportiva para este ano, que vem dar mais visibilidade ao concelho e promove a economia local», prevendo que o ramo da hotelaria e restauração possa ter ganhos, como aconteceu com os campeonatos zonais de natação, que se realizaram no início de Dezembro do ano passado». «A prova deverá reunir mais de 1000 atletas de várias nacionalidades e a exemplo do que acontece no Porto, Viseu, Douro-Vinhateiro e Évora, é expectável que a Meia-maratona possa ter muito público. O Município espera uma grande adesão», adianta.
Com este evento, a autarquia pretende ainda «promover o território, nomeadamente o turismo, o património histórico, cultural e natural, a gastronomia e as riquezas endógenas do concelho, até porque se trata de um evento com cobertura televisiva».
Entretanto, no último fim-de-semana de Abril, que coincide com a realização da Feira Ibérica de Turismo, a Câmara da Guarda em colaboração com a Federação Portuguesa de Natação e a Associação de Natação do Interior Centro vai organizar a final da Taça de Portugal de Pólo Aquático. O evento vai decorrer nas Piscinas Municipais, faltando ainda acertar a data [Sábado ou Domingo] e «surgiu das boas relações entre as partes envolvidas». «Havia a vontade do Município em voltar a organizar uma actividade que no ano passado trouxe muita gente à Guarda, foi pensada uma prova do Campeonato Nacional mas ficou acertado que vai ser a final da Taça de Portugal, onde vão estar os principais clubes portugueses de Pólo Aquático. A Federação reconhece a capacidade organizadora do Município, os recursos humanos ao dispor e quando assim é, tudo fica mais fácil», sublinha.
Quanto ao facto da prova coincidir com o fim-de-semana da FIT, Carlos Monteiro explica que «era a única data disponível».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close