Ministério da Educação recomenda arejar salas de aula durante intervalos em situação de frio

As escolas podem arejar as salas durante o intervalo das aulas, tendo em conta as baixas temperaturas, indicou hoje o Ministério da Educação, segundo o qual as janelas e portas devem ser abertas sem comprometer a segurança das crianças.

«Face à presente situação meteorológica, quando não existam equipamentos de ventilação mecânica nas salas de aula ou outros espaços utilizados para lecionação, o arejamento pode ser realizado de forma natural durante os intervalos, garantindo a ventilação e renovação do ar interior», refere o ministério num comunicado sobre orientações conjuntas da Direcção-geral da Saúde, da Direção-geral dos Estabelecimentos Escolares e da Direção-geral da Educação.

O Ministério da Educação adianta no comunicado que já em Julho de 2020 tinha dado indicações às escolas sobre o modo de actuação para arejamento das salas, acrescentando que a norma anteriormente divulgada já antecipava que o arejamento das salas de aula não poderia pôr em causa a segurança dos alunos. «Sempre que possível, e que tal não comprometa a segurança das crianças e dos alunos, devem manter-se as janelas e/ou portas abertas, de modo a permitir uma melhor circulação do ar», diz a referida norma.

Os esclarecimentos do Ministério da Educação surgem depois de serem conhecidos casos de alunos e professores que são obrigados a usar mantas, gorros, luvas ou cachecóis dentro das salas de aula como forma de suportar o frio, uma situação agravada pela necessidade de arejar as salas por causa da pandemia de covid-19.

O Ministério da Educação refere, no entanto, que segundo as orientações da Direcção-geral de Saúde, «é permitida a utilização de ventilação mecânica de ar (sistema AVAC – Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado), por forma a garantir o conforto térmico, apesar de o arejamento (renovação do ar) dos espaços dever ser feito preferencialmente com ventilação natural». «Estes sistemas devem ser utilizados em segurança, garantindo a limpeza e manutenção adequada, de acordo com as recomendações do fabricante, e a renovação do ar dos espaços fechados, por arejamento frequente e/ou pelos próprios sistemas de ventilação mecânica (quando esta funcionalidade esteja disponível)», recomenda o ministério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close