Mirtilo no arranque do Centro de Valorização de Produtos Endógenos na Guarda

Será a fileira do mirtilo a dar o pontapé de saída no futuro Centro de Valorização de Produtos Endógenos, projecto que a Câmara da Guarda pretende implementar a médio prazo. O anúncio foi feito esta Segunda-feira pelo presidente do município, Carlos Chaves Monteiro, durante a conferência de imprensa de apresentação do 9º Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo, a ter lugar nos próximos dias 22 e 23 na Guarda, para o qual são esperados cerca de 300 produtores de todo o país.
«Nós queríamos em cooperação com a Agroguarda construir no parque industrial uma unidade agrícola onde concentrasse a produção deste fruto mas também de outros que depois no futuro nós podemos aqui encaixar e organizar, mas pela via do mirtilo estabelecer já esta fileira, esta capacidade de organização com a Agroguarda», adiantou Carlos Chaves Monteiro, acrescentando estar previsto o município fazer «uma candidatura à Pró-Raia à construção do edifício e a Agroguarda fazer uma candidatura com vista ao equipamento que vai ser instalado naquele espaço».
«Como o objectivo é mais abrangente vamos destinar mais um lote ou dois na Plataforma Logística, conforme as circunstâncias e o desenvolvimento que este projecto tiver, para depois até podermos destacar aqueles produtos que vendem já por si e outros produtos e produtores que necessitam de mais apoio», revelou.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close