Modelo de redução das portagens vai incluir interior e auto-estradas A22 e A28 anunciou a ministra Ana Abrunhosa

O modelo de desconto das portagens, além dos territórios do interior, vai ser aplicado nas auto-estradas A22 – Via do Infante, no Algarve, e A28, que liga Porto a Caminha, anunciou hoje a ministra da Coesão Territorial. «A ideia é trabalharmos num modelo de desconto de portagens para o Interior e, também, para a Via do Infante [A22] e para a A28», precisou Ana Abrunhosa, na intervenção final da audição parlamentar sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), que decorreu ao longo de cinco horas, na Assembleia da República.
De acordo com a responsável pela pasta da Coesão Territorial, o trabalho para a implementação de descontos nas portagens das auto-estradas e vias rápidas «está avançado», prevendo-se a apresentação de uma portaria «em breve». «Não está em causa abolir as portagens, está em causa reduzir as portagens», reforçou a ministra, explicando que a proposta de redução das portagens se encontra em estudo, através de um grupo de trabalho constituído por membros dos ministérios da Coesão Territorial, das Infraestruturas e da Habitação e das Finanças, que está a trabalhar nas «prioridades» e em «vários cenários para a redução gradual das portagens».
Lembrando que esta era uma promessa do Governo, Ana Abrunhosa assegurou que o grupo de trabalho responsável pela medida está a dar a «máxima das prioridades a este assunto» e a trabalhar num modelo de desconto de portagens «baseado em descontos de quantidade e descontos nos dias de descanso», corrigindo a informação inicial de que abrangia apenas fins de semana.
“Gostaríamos muito que nos dias de descanso o desconto tivesse algum impacto, que beneficie os utilizadores frequentes, bem como aqueles que visitam o território”, declarou a governante, defendendo que “os impactos de uma pequena redução são sempre significativos». Assim, o Governo pretende «dar um sinal político para estes territórios e que se sinta no bolso das pessoas». «Não posso comprometer-me com datas, não posso comprometer-me com percentagens [de desconto], porque isso terá que ser anunciado em conjunto pelo grupo trabalho», referiu a ministra da Coesão Territorial.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close