Município da Guarda cancela iniciativas culturais previstas para o 1.º semestre

A Câmara Municipal da Guarda vai cancelar os eventos culturais programados para o primeiro semestre e a programação regular dos equipamentos culturais que estão encerrados ao público, devido à pandemia da Covid-19.
Segundo uma nota do município da Guarda, não se irão realizar a Quadragésima (programa em rede entre os municípios da Guarda, Covilhã, Belmonte, Sabugal e Fundão), o Simpósio Internacional de Arte Contemporânea Cidade da Guarda (SIAC), a iniciativa Santos do Bairro e o Ciclo de Festivais de Cultura Popular.
«A 5.ª edição do SIAC estava prevista para o período de 05 a 19 de Junho e contemplaria, entre outras iniciativas, uma exposição retrospectiva de homenagem ao artista plástico Cruzeiro Seixas, sendo cancelada dada a natureza internacional dos artistas participantes», refere o comunicado.
A autarquia acrescenta que «também não se realizará a celebração dos santos populares na Guarda, os Santos do Bairro, prevista para o mês de Junho», porque os trabalhos de figurinos, coreografias e músicas «deveriam neste momento estar a iniciar-se, o que resulta impraticável» nas actuais circunstâncias.
O município da Guarda cancelou o Ciclo de Festivais de Cultura Popular 2020 que contemplava as Jornadas da Lã da Corujeira e Trinta, a Feira Concurso do Jarmelo, a Festa da Transumância de Fernão Joanes, o Festival da Cestaria de Gonçalo, o Festival Pão Nosso de Videmonte e a Festa da Castanha e da Jeropiga de Famalicão da Serra, podendo esta última iniciativa ser concretizada «se em Novembro as condições o permitirem».
Ainda no seguimento do encerramento dos equipamentos culturais da cidade, serão canceladas as iniciativas programadas para o Teatro Municipal da Guarda (TMG), para a Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e para o Museu Regional. «Estes equipamentos estão a trabalhar na recalendarização das iniciativas e espectáculos para o segundo semestre do ano, na expectativa da melhoria da situação de saúde pública», adianta.
O município refere também que «a comemoração do 15.º aniversário do TMG, prevista para Abril com várias iniciativas de relevo, será igualmente adiada». «Apesar dos constrangimentos, estes espaços culturais de referência pretendem manter a ligação com os seus públicos, ainda que à distância, e de forma virtual e, por isso, estão previstas, entre outras iniciativas, visitas virtuais, programas de actuações para artistas amadores, actividades de promoção da leitura, apresentações “online” de livros e catálogos e partilha sistemática de conteúdos de iniciativas de referência promovidos por estes equipamentos», lê-se na nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close