Município da Guarda comprou a sede da Associação Comercial

O Município da Guarda adquiriu a antiga sede da Associação Comercial da Guarda (ACG), pelo valor de 300 mil euros, quando o património estava avaliado em 491 mil euros. A proposta do município, que viria a ser ratificada na reunião do executivo municipal de Segunda-feira, foi a única apresentada no leilão electrónico, tendo merecido o aval da assembleia de credores da ACG.

O presidente da autarquia, Carlos Chaves Monteiro, afirmou Segunda-feira, após a reunião do executivo municipal, que a autarquia pretende instalar na antiga sede da ACG a delegação distrital do Intituto da Mobilidade e dos Transportes, o que permitirá deixar livre o edifício da antiga Direcção de Estradas que, depois das obras de adaptação, albergará o comando nacional da Unidade de Emergência , Protecção e Socorro (UEPS) da GNR.

A ACG, com 113 anos de existência e cerca de 2.700 associados, foi declarada inicialmente insolvente no dia 26 de Junho de 2019, por não conseguir face à dívida, estimada em mais de 1,3 milhões de euros,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close