Município da Guarda reforça apoio financeiro às 43 freguesias do concelho

O município da Guarda decidiu reforçar o apoio às 43 freguesias do concelho com a atribuição de verbas no valor de um milhão e 290 mil euros, no âmbito do programa “SalvaGuarda Rural”.

Segundo a autarquia presidida por Carlos Chaves Monteiro, A proposta foi aprovada, Segunda-feira, na última reunião do executivo municipal e o apoio será atribuído através de Acordos de Cooperação com cada uma das autarquias locais.

A verba «destina-se à execução de uma obra prioritária definida, em conjunto, com a Câmara da Guarda», adianta a autarquia em comunicado.

O município esclarece tratar-se «de um compromisso financeiro atribuído no âmbito do programa de acção local ‘SalvaGuarda Rural’, no domínio das infraestruturas e projectos de médio prazo para apoio às freguesias».

Com este reforço de cooperação com as freguesias, a Câmara Municipal «investe um total de dois milhões e 425 mil euros, no período do mandato autárquico entre 2017 e 2021. Além de outros investimentos em curso nas áreas do abastecimento de água e saneamento, vias e pavimentos», acrescenta a nota.

«A verba agora concedida através das medidas do ‘SalvaGuarda Rural’ vem trazer um acréscimo de 137 por cento à verba dos acordos de cooperação do quadriénio 2013/2017”, sublinha a fonte.

Ainda de acordo com o município da Guarda, o programa “SalvaGuarda Rural» «assume um compromisso com o desenvolvimento sustentável do concelho, apostando de forma integrada nas suas potencialidades, entre o mundo rural e o urbano, procurando ouvir e responder às preocupações dos agentes locais».

O município da Guarda também lançou em Abril de 2020 o programa de “Medidas Extraordinárias SalvaGuarda”, para mitigação dos impactos sociais e económicos decorrentes da situação pandémica por covid-19.

O programa inclui medidas para apoio às famílias, ao comércio local, às instituições e às empresas, «no sentido de promover a protecção e manutenção dos postos de trabalho, e combater o impacto negativo na vida das famílias e instituições do concelho».

«Desde o seu lançamento, as medidas têm vindo ser renovadas ou alteradas consoante as circunstâncias da pandemia», refere ainda a autarquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close