Município da Guarda triplica o apoio aos bombeiros do concelho

A Câmara da Guarda  deverá conceder um apoio de 52.500 euros às três associações humanitárias dos Bombeiros Voluntários (BV). A proposta, elaborada pelo vereador Sérgio Costa deverá ser discutida e aprovada em próxima reunião do executivo. O documento prevê uma verba de 34.170 euros para os Bombeiros da Guarda, para os BV de Gonçalo 10.316 euros e para os BV de Famalicão da Serra cerca de oito mil euros. O valor no conjunto das três associações representa o triplo do que foi atribuído no ano passado. Em 2015 foram concedidos 17.500 euros.
Futuramente também deverá ser decidida a cedência do edifício dos antigos lavadouros municipais, situado na Avenida Doutor Francisco Sá Carneiro, na Guarda, à Cooperativa Sonheiro, que tem sede nessa avenida, tendo em vista o desenvolvimento das suas actividades. O contrato de cedência será válido por cinco anos, renovável automaticamente, não podendo exceder os 20 anos.
Esta cooperativa tem como objectivos «a união e proactividade da massa criativa na fruição, apoio e divulgação de actividades culturais e artísticas, como a realização de actividades conexas». Em Agosto do ano passado, na Faia, a Cooperativa Sonheiro organizou, juntamente com o Núcleo da Guarda da Quercus, o “Festival Angel Art”, um evento anual com música, dança, teatro e vários workshops.
Reunião termina em discussão
Tendo em vista o estudo do conceito, pesquisa, design, confecção e promoção da colecção de peças de moda com matéria-prima do cobertor de papa, foi aprovada na reunião do executivo desta segunda-feira contratação, pelo prazo de um ano, de serviços externos, pelo valor de 27.500 euros. No documento, a autarquia sustenta que «a criação de novas peças efectuadas a partir do cobertor de papa, desenhadas por um designer de moda pode levar este produto além-fronteiras». Por isso, pretende que «se estude o conceito, se pesquise, se crie o design e confeccione uma colecção de 5 peças com a matéria-prima do cobertor de papa, através da intervenção conceptual e artística de uma designer/estilista nacional» e que «se introduzam as referidas peças de vestuário na colecção Outono/Inverno 2016 de um designer/estilista nacional». Para além disso, quer que essas peças sejam apresentadas em «desfiles de moda reconhecidos nacionalmente, bem como a apresentação em “showrooms internacionais ligados ao mundo da moda». A proposta mereceu a abstenção dos vereadores do PS que afirmam não entender «a relação contratual» e lamentam que a proposta não envolva a Escola de Artes e Ofícios de Maçaínhas. Joaquim Carreira defende ser «a favor» de tudo quanto seja promoção, mas sublinha «não entender» esta decisão considerando ser «mais uma despesa».
A reunião terminou com uma acesa  troca de palavras entre o presidente e o vereador do PS sobre a abertura do concurso público para os projectos de regeneração urbana. Aos jornalistas, Joaquim Carreira queixou-se dos processos enviados para os vereadores da oposição na véspera das reuniões de Câmara serem «incompletos» e «mal instruídos» por não incluirem os documentos referentes aos assuntos agendados. «Os processos não trazem os projectos. Votamos aquilo que não conhecemos», sublinhou. Joaquim Carreira e Graça Cabral argumentam que «foram alteradas as regras do jogo», uma vez que antes tinham «total liberdade para consultar» os documentos e desta vez não conseguiram consultar em tempo útil. Os vereadores abstiveram-se por desconhecer os projectos. Para o presidente da Câmara, Álvaro Amaro, foi criado «um incidente processual» por quem «não quer discutir a essência das coisas». O autarca assegurou que os documentos dos assuntos agendados para a reunião de Câmara estiveram disponíveis desde quinta-feira à tarde. «Se não consultaram têm de se queixar deles próprios». O autarca criticou ainda o facto dos vereadores terem considerado que se trata «um acto de gestão» a uma decisão que irá poupar milhares de euros ao município. O executivo aprovou a contração de um empréstimo para aplicação na liquidação de outros empréstimos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close