Notas muito positivas no Agrupamento de Escolas Afonso de Albuquerque

SONY DSC

Os alunos do 3º Ciclo na Escola Secundária Afonso de Albuquerque, na Guarda, obtiveram mais de metade das classificações nos níveis 4 e 5 (escala de 5) em oito das 13 disciplinas com classificações. «Educação Moral e Religiosa leva a palma com 85 por cento e as outras descem todas abaixo dos 70 por cento, ao contrário do 2º Ciclo em que a grande maioria das disciplinas subia acima de 70 por cento nestes níveis. No entanto só Ciências Naturais, Física-Química, Português, Francês II e Matemática descem abaixo dos 50 por cento e só Matemática fica abaixo dos 40 por cento», revela o Expressão, blogue daquele agrupamento, que divulga as notas do 2º período, ocorrido entre 4 de Janeiro e 18 de Março, fixadas até final do mês.
«Comparando os três anos, o 8º e 9º anos têm o mesmo número de disciplinas à frente (6) enquanto o 7º ano só têm melhores notas elevadas em 2 disciplinas. Comparando as diferenças de percentagens de classificações elevadas nos 3 anos, em 6 das disciplinas essas diferenças entre a percentagem mais elevada e a mais baixa vão de 15 a 22 pontos, uma margem muito grande, o que denota grandes diferenças de resultados entre estes anos em cada disciplina», evidencia o blogue.
«Só Matemática faz soar o alarme» entre as 13 disciplinas com classificações neste período, «que se afasta claramente dos níveis de sucesso das outras». «A percentagem de classificações de 3 ou superiores a 3 baixa nesta disciplina aos 69 por cento (70,2 por cento no 7º ano; 72,4 por cento no 8º ano; 64,2 por cento no 9º ano)», concretiza.
Para além desta disciplina, «abaixo dos 85 por cento só a Física-Química, Português, Francês II e Inglês I».
«Nas seis primeiras disciplinas da escala (Educação Moral e Religiosa, Educação Física, Espanhol II, Educação para a Cidadania, Educação Visual e Geografia) as percentagens ultrapassam os 90 por cento», destaca o Expressão.
«Em Geografia o 7º ano é o ano com menor sucesso, acontecendo o mesmo em Ciências Naturais e História. Em Física-Química e Matemática é o 9º ano que é mais crítico. Português tem classificações muito semelhantes em todos os anos», refere.
Em relação ao 2º Ciclo (Escola de Santa Clara), mais de metade das disciplinas, em 7 das 13 disciplinas, têm «70 por cento ou mais de notas elevadas (4 ou 5)». «Mesmo nas disciplinas consideradas mais difíceis, estes níveis elevam-se acima dos 50 por cento (excepção feita ao Português, que se fica pelos 46 por cento de níveis elevados)», sublinha o blogue.
«Disparidades entre os dois anos (5º e 6º) há poucas. Com mais de 5 por cento de diferença entre os dois anos só Educação para a Cidadania (14 por cento), Ciências Naturais (7 por cento) e Educação Tecnológica (6 por cento)», acrescenta.
Educação Moral e Religiosa e Geologia, «disciplinas com reduzido número de alunos, fazem o pleno das classificações elevadas (14 ou mais) no Secundário». «Diga-se no entanto que 9 das 20 disciplinas classificadas têm mais de 70 por cento de classificações de 14 ou superiores a 14. Destas 9 disciplinas, 6 são anuais do 12º ano, aquelas em que tradicionalmente as classificações inflacionam mais», evidencia.
«Abaixo dos 40 por cento de classificações elevadas só Física e Química A, História A e Geografia A, esta só com 18 por cento. Em várias disciplinas as diferenças entre anos são muito pronunciadas, sendo difícil de explicar estas grandes diferenças mas verificando-se sempre um fenómeno de subida ao longo do ciclo», conclui o Expressão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close