OBRA FERROVIÁRIA ENTRE A COVILHÃ E GUARDA CONTRIBUI PARA A COESÃO TERRITORIAL

SONY DSC

O ministro das Infraestruturas afirmou Segunda-feira que a modernização na Linha da Beira Baixa no troço Covilhã-Guarda, cujos trabalhos foram lançados na tarde daquele dia, vai contribuir para a coesão territorial e para melhorar a ligação com Espanha. O investimento total no projecto de modernização deste troço é de cerca de 77 milhões de euros, 52 milhões dos quais respeitantes à obra física, que permitirá reabrir um troço que estava fechado desde 2009. A obra, inscrita no projecto do Corredor Ferroviário Norte, deve estar concluída dentro de 18 meses, ou seja, antes do final de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close