Oftalmologista Henrique Fernandes alerta que vários serviços do hospital da Guarda estão «à beira de fechar» por falta de especialistas

O oftalmologista Henrique Fernandes alertou, esta manhã, que no hospital da Guarda estão «vários serviços à beira de fechar», por falta de especialistas. No início da sessão da Assembleia Municipal da Guarda, no período aberto ao público, o médico também informou que elaborou um projecto-piloto para fazer face «à impossibilidade de existência de urgência oftalmológica permanente no distrito da Guarda», que disponibilizava um «apoio oftalmológico telefónico», mas a administração da Unidade Local de Saúde comunicou-lhe que «deve abster-se de iniciar qualquer “projecto-piloto” ou diligência que vise a implementação do mesmo».
O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro (PSD), disse que «é urgente dar resposta» aos problemas existentes no hospital. Já o deputado da CDU, Aires Dinis, propôs que seja criado um grupo municipal para dialogar com a administração hospitalar e “acalmar os problemas que existem no hospital».

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close