Os garotos do Largo do Rato e os Tachos

Há poucos dias, um amigo, vendo quem António Costa escolheu para substituir Pedro Nuno Santos, crismou o substituto de garoto do Largo do Rato, tendo este Largo sido crismado ainda há pouco de Largo dos Tachos, que na verdade é um Largo de coisas diversas, dizendo-me o Google que é um “esgoto rodoviário a céu aberto”. Outros recordam-me que aí existe uma capela como lugar icónico onde se resistiu e lutou.

Mas, eu agora estou bem preocupado com os disparates sucessivos de Pedro Nuno Santos que disse ir ser reparada a Linha da Beira Alta até 19 de Janeiro próximo, mas agora “as razões invocadas pela IP para a não abertura do serviço são diversas: o impacto da pandemia, a guerra na Ucrânia e, sobretudo, a decisão tomada já no decorrer da empreitada de duplicação do atual IP3, que obriga à demolição do viaduto da Linha da Beira Alta no cruzamento com o IP3 e à construção de uma nova já preparada para a referida duplicação”, informa-me o Diário As Beiras de 30 de Dezembro de 2022, p. 51.

Estou algo preocupado com o Aeroporto de Lisboa, mas tudo não passa de um jogo do empurra entre dois indecisos: o PS e o PSD, havendo agora continuados lugares em estudo para dar mais uns euros a uns senhores que muito estudam e nada concluem com alguma certeza. Eu só espero que o Aeroporto do Porto funcione quando eu for viajar para um desses congressos científicos, em que se aprende alguma coisa já que por aqui nada se aprende. Sei.

Os garotos do Largo do Rato deixam-se enganar por uma qualquer Xaninha mal-amanhada, que brinca com eles no Largo ou por qualquer empresário de coisa que não se vai fazer, enganando quem pensava estar seguro em Caminha, mas um empresário burlou aí toda uma Assembleia Municipal pois acreditou num garoto do Largo do Rato, que pensava conhecer bem. E desses enganos é feita a sua vida.

Agora que as televisões nos mostram amiudadas vezes a gestora, que engana primeiro alguém que logo a emprega na TAP e a seguir na NAV, terminando no Fernando Medina, Ministro das Finanças, que logo disse mais o António Costa que não a conheciam de parte nenhuma. Talvez só do Largo do Rato, pensamos. Ficamos finalmente sem saber a razão de tal acontecer, acreditando sempre que a Secretaria de Estado do Tesouro não pode ser entregue a qualquer uma. Não duvidamos que tinha de ser alguém com formação e experiência e esta senhora não as tinha. E do norte trasmontano veio mais um desengano. Vimos.

Concluímos por isso que tal acontece por o Largo do Rato ser um lugar de enganos sucessivos, correndo por isso piadas sobre quem vai confessar primeiro que votou neste partido à deriva. Podem sempre dizer que tal aconteceu por não ter havido uma oposição verdadeira que os elucidasse sobre o que estava em jogo. Mas, isso não é desculpa aceitável em gente crescida.

Receia-se agora que António Costa seja um remake de José Sócrates, terminando toda esta farsa com uma gargalhada geral, bem antes de chegarmos à conclusão de que ficámos mais pobres, e sem aeroporto, nem linha da Beira Alta. Talvez aconteça como em Coimbra um engarrafamento brutal em cada dia da construção de um mal-amanhado Metro Bus, que substitui com atraso de muitos anos uma Linha da Lousã. Só que nunca ninguém teve coragem de perguntar porque tal aconteceu, tanta é a pena que temos do PS, do PSD e do CDS, como partidos que não sabem o que fazem de mal.

Entretanto, vamos fazendo contas à vida, com quase toda a gente sem saber como vai sobreviver com tanta malvada incompetência, e empobrecendo sempre, vislumbrando ao fundo do túnel sempre mais miséria e talvez o momento em que morremos por falta de alimentos, de medicamentos e… de médicos.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close