Outeiro de São Miguel (Guarda) e Escola Evaristo Nogueira (Seia) impedidas de abrir novas turmas

No próximo ano lectivo, metade dos colégios com contratos de associação deixa de ser financiado pelo Estado para abrir turmas de início de ciclo (5.º, 7.º e 10.º anos) por existir oferta de escolas públicas na zona. Vão,no entanto, continuar a receber financiamento estatal até que os alunos que actualmente ali estudam terminem o ciclo de estudos em que se encontram.
No distrito da Guarda, ficam impedidas de abrir novas turmas as escolas Dr. José Dinis da Fonseca, mais conhecida por Outeiro de São Miguel (Guarda) e Evaristo Nogueira (Seia).
As regiões Norte e Centro são as mais abrangidas, com destaque para o distrito de Coimbra, com 9 escolas, seguindo-se os distritos de Braga (8); Porto e Aveiro (4 cada); Castelo Branco (3); Leiria (3); Guarda e Viana do Castelo (2); Vila Real e Viseu (1 cada). Na região de Lisboa apenas dois colégios perdem apoio para abertura de novas turmas de início de ciclo.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close