Parlamento aprova duas resoluções para fim da caça na Serra da Malcata

A Assembleia da República aprovou Sexta-feira duas recomendações ao Governo para que volte a proibir a caça na Serra da Malcata, habitar do lince-ibérico, que o executivo reintroduziu por portaria em Fevereiro.
Os projectos de resolução, do BE e do PAN (Pessoas-Animais-Natureza), foram aprovados com a abstenção do PS, o voto contra do CDS e do deputado socialista Ascenso Simões, e os votos favoráveis dos restantes partidos.
A iniciativa do BE recorda que após quase 23 anos de proibição de caça na Reserva Natural da Serra da Malcata, o Governo decidiu autorizá-la, a 8 de Fevereiro deste ano, através da publicação de uma portaria revogando uma anterior que proibia a caça naquela reserva. «A decisão do Governo levanta imensas preocupações relativamente à conservação de espécies em risco, desde logo o lince-ibérico, mas também o lobo e o abutre-preto. Também as populações de corço, o veado ou o coelho (população essencial à conservação do lince-ibérico) podem ver a sua recuperação em causa na área», sustenta-se no projecto do BE.
A recomendação apresentada pelo Bloco sublinha que «a decisão levanta ainda mais questões e riscos dada a atual situação deficitária de recursos humanos e de financiamento da reserva», um argumento que também é referido no projeto de resolução que foi apresentado pelo PAN. «A Reserva Natural da Serra da Malcata depara-se com graves lacunas de funcionamento devido à falta de recursos humanos e financeiros, que se reflecte nas acções de vigilância e fiscalização que não se realizam. A acrescer os graves problemas de caça furtiva, a opção de agora permitir a caça nesta área protegida só irá agravar os problemas de fiscalização nesta área protegida», defende-se no projeto do PAN.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close