Parlamento português vai homenagear vítimas do Holocausto

O parlamento português homenageia e recorda na Sexta-feira a memória das vítimas do Holocausto, com a votação de um voto de pesar na Assembleia da República.

O voto só será votado na Sexta-feira, mas foi anunciado Quarta-feira, na página do presidente no “site” da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, dia em que se assinala o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, instituído em 2005 pelas Nações Unidas e celebrado anualmente a 27 de Janeiro, data em que, em 1945, se deu a libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau.

Em 27 de Janeiro de 1945, as tropas soviéticas descobriram o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau, o maior da Europa ocupada pela Alemanha nazi e onde foram mortos cerca de 1,1 milhões de pessoas, dos quais perto de um milhão de judeus.

Mais de seis milhões judeus europeus foram mortos pelos nazis no decurso do Terceiro Reich. A larga maioria foi morta no campo da morte de Auschwitz, construído pelo regime nazi em território polaco, mas outros prisioneiros não judeus, incluindo polacos, Roma (ciganos), e soldados soviéticos também se encontram entre as vítimas deste antigo complexo.

Cerca de 192.000 judeus viviam na Áustria antes da II Guerra Mundial. Após a anexação da Áustria pela Alemanha nazi em 1938, apoiada entusiasticamente por muitos austríacos, mais de 100.000 judeus fugiram do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close