Pároco de Alverca da Beira (Pinhel) tem celebrado missas

O pároco de Alverca da Beira, no concelho de Pinhel, realizou missa nos últimos dois Domingos, como contaram ao TB alguns moradores daquela localidade que estão revoltados com a situação. O padre António dos Santos Freire esclareceu ao TB que celebrou missa, que foi transmitida pelos altifalantes, «para o povo rezando pelos paroquianos de Alverca da Beira, Bouçacova, Cerejo, Ervas Tenras, Póvoa d’El Rei e Souropires» e «para a missa ser mais animada teve lá meia dúzia de pessoas a fazerem o coro».
Na nota episcopal do bispo da Guarda, Manuel Felício, assinada no passado dia 13, é recomendado que, para além das orientações sobre a celebração da penitência neste tempo de Quaresma, que «a partir do dia 16, segunda-feira, e até ao fim deste mês de Março, se sigam» diversas orientações, entre as quais, a suspensão das sessões de catequese, «das celebrações eucarísticas, à semana e ao domingo» e outras «celebrações, como baptizados e matrimónios, quanto possível, sejam adiadas; se necessárias e só com celebração da Palavra, sejam breves e simples, com número restrito de participantes». Para além disso, é ainda recomendado que «nas exéquias, evitem-se os velórios abertos ao público, haja celebração da Palavra mais breve e simples, preferencialmente já no cemitério» e que sejam suspensas «todas as manifestações públicas de piedade popular, como sejam procissões e via-sacras».
«Apesar da pandemia, a que todos estamos empenhados em ajudar a controlar com estas e outras medidas, a vida não se interrompe e a vivência da fé continua, nomeadamente nas nossa famílias», refere o texto assinado pelo bispo, recomendando que, «sobretudo ao Domingo seja assinalado por cada um e cada família, na partilha da Palavra de Deus e na oração e que a catequese também se continue a fazer em cada família». «Aos sacerdotes, devendo celebrar em privado e, ao domingo, pelo povo» acrescenta a nota.
Atendendo à gravíssima situação mundial de combate contra a infecção pelo Coronavírus-19, houve alguns padres que optaram por não celebrar missa logo a partir do 15 e deram a conhecer essa decisão aos paroquianos numa nota colocada na porta da igreja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close