Passatempo “Até o Anjo é da Guarda”

«Até o anjo é da Guarda!» dizia Alberto Dinis da Fonseca, ex presidente da Câmara da Guarda e fervoroso defensor da cidade. A propósito do que afirmava o ex-autarca, o TB desafia os leitores a escreverem um texto (máximo 3000 caracteres) que realce o que há de positivo no concelho e no distrito da Guarda, terminando com a frase: “Até o Anjo é da Guarda!”. Os textos deverão ser enviados para terrasdabeira@gmpress.pt.
Atendendo à importância do tema, todos os trabalhos recebidos serão publicados no Jornal Terras da Beira (em papel e online). Para além disso, os autores dos três melhores textos receberão uma peça decorativa “Anjo da Guarda”, da autoria do arquitecto António Saraiva. Os autores dos restantes cinco textos terão direito a um porta-chaves “Anjo da Guarda”, que também têm a sua assinatura.
Iniciamos agora a publicação dos textos já recebidos. É um trabalho da Turma D31, do 4º ano, da EB de Santa Zita, da Guarda:

Até o anjo é da Guarda

Guarda é a nossa cidade
Sobre ela vamos falar
820 anos de idade
Muito há que contar.
Dos romanos alguns monumentos
E dos lusitanos nos vamos lembrar
Passámos maus momentos
Mas a todos conseguimos ganhar.
Pelas antigas calçadas e pontes, podemos andar
E nas muralhas e castelos descobrir
As torres e ruínas para explorar
Os segredos mais antigos abrir.
Estrela é a nossa serra
Uma das mais altas de Portugal
O ar mais puro da terra
E o frio é normal.
Dos seus fs também formosa
Conhecida por ser forte
Fiel e muito airosa
E farta com muita sorte.
Com a lã da bordaleira
Cobertores de papa fazemos
Que vamos vender à feira
E em casa, todos temos.
O queijo fazemos com seu leite
Que da serra é original
E também há bom azeite
Para a melhor batata de Portugal.
Enchidos para acompanhar
Ou bom cabrito saborear
Com as filhoses nos deliciar
E os D. Sanchos terminar.
Pelas ruas, entrudos vão andar
E julgar o pobre galinho
com S. João vamos celebrar
para a Guarda… é bom caminho.
Famosos vinhos da beira
E cidade educadora
Tudo à nossa maneira
Bem-vindos a toda a hora.
De Portugal, a mais alta
Forte, fria, fiel, formosa e farta
Bem-recebidos cá pela malta
Pois, até o anjo é da Guarda!

*Turma D31, EB de Santa Zita, 4º ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close